Arquivo da tag: saúde

Água Termal: ótima no pós sol ou procedimentos estéticos

Há quem pense que a água termal é frescura ou apenas “água engarrafada” que não faz efeito algum, mas os usuários adeptos e dermatologistas garantem que os efeitos do uso rotineiro de água termal faz sim, bem à pele, pois ajuda a hidratar e a aliviar sintomas de irritação.

Divulgação Vichy

Isso acontece porque parte dos ativos das águas termais, agem como calmante, especialmente em temperaturas extremas e após a realização de procedimentos estéticos, como microagulhamento, peeling ou limpeza de pele.

Além disso, entre as funções mais conhecidas da água termal, está a importante missão de criar uma barreira de proteção na pele, que ajuda a evitar a ação de agentes agressores comuns na rotina, como poluição e radiação UV.

Divulgação La Roche-Posay

Mas por que é tão especial?

A água termal não pode ser comparada com a água normal que tomamos, por ser um tipo de água realmente especial que se origina de fontes subterrâneas e por isso é capaz de absorver incontáveis nutrientes, principalmente os minerais contidos nas rochas, como o cálcio, o magnésio, o zinco e o ferro. Por isso, o uso contínuo é indicado tanto em peles oleosas, quanto em peles secas, por repor os minerais e garantir mais viço e luminosidade.

Se você já gostou do trouxemos até aqui, anote mais opções úteis da água termal que poucos conhecem:

  • No verão, é um santo remédio para refrescar a pele do calor, evita possíveis irritações da exposição ao sol e age como hidratante para peles muito oleosas.
  • No inverno, atua como um potente calmante para peles expostas à baixas temperaturas, como complemento no ritual de hidratação facial.
  • E como se não bastasse, a água termal pode ser uma substituta do primer, na hora de preparar a pele para a maquiagem, já que ajuda a fixar mais os produtos, porque acaba fazendo com que se transpire menos. Ainda no campo da maquiagem, quando se borrifa  água termal após a finalização do processo, o efeito é de um fixador, deixando o ‘make’ intacto.

As marcas mais conhecidas do mercado são Avene, La Roche Posay, Vichy e Uriage. E são encontradas em farmácias e lojas próprias em todos os lugares do mundo.

Divulgação Walsh’s Pharmacy

Já conhecia os benefícios da água termal? – Se sim, conte pra gente aqui nos comentários qual é a sua marca preferida! Caso ainda não tenha se rendido, nossa dica é: experimente!

Matcha: saiba mais sobre a substância poderosa que faz bem para o corpo e a mente!

“Irmão” do chá verde, o ingrediente é um ótimo aliado para cuidar da saúde

matcha

Reprodução/Snixy Kitchen

Sabemos que nenhum alimento, sozinho, faz milagres, porém é sempre interessante quando surge alguma novidade com a promessa de trazer inúmeros benefícios para o nosso organismo. Esse é o caso do matcha, um derivado da Camellia Sinensis, mesma erva do chá verde. A diferença entre os dois é que o matcha é elaborado apenas a partir de folhas jovens, e tem seu cultivo protegido dos raios solares. Isso garante um altíssimo valor nutricional para o alimento, que é rico em clorofila e antioxidantes.

Para chegar ao resultado final, as folhas secas da planta são moídas até virarem um pó. A forma mais comum de consumo é misturando à água. Ele também pode ser introduzido como uma farinha, acompanhando receitas. O matcha é superindicado para ser consumido antes do treino, pois ele possui ação termogênica que potencializa a queima de gordura corporal. O ingrediente dá mais energia, e com isso promove maior gasto de calorias, além de reter o inchaço do corpo.

Para a pele, ele atua prevenindo o envelhecimento, irritações e é um ótimo aliado contra a acne. Por aqui, a erva pode ser encontrada em produtos como a máscara facial da The Body Shop. De acordo com um estudo publicado pela Food Research International, em setembro de 2017, o consumo do chá de matcha poderia induzir efeitos leves na velocidade da atenção e, também, na chamada memória secundária. Resumindo, ele basicamente faz com que a gente pense mais rápido!

Mesmo com tantos benefícios, não vale abusar do consumo. O indicado é de 15g a 20g por dia, ou seja, no máximo 4 xícaras de chá. Também vale destacar que a substância não é indicada para gestantes, lactantes e pessoas sensíveis à cafeína e à teobromina.

Já experimentou o matcha? Uma boa alternativa para substituir o chá verde!

Conheça os 10 passos da rotina de beleza coreana

A K-beauty, ou beleza coreana, faz cada vez mais sucesso entre as mulheres que buscam a pele perfeita

Se você parar com atenção, vai começar a notar que as orientais ostentam um pele de dar inveja, sempre impecável e com um brilho natural. É claro que isso não surge do nada, e toda uma rotina de skincare está por trás do rosto iluminado. No Ocidente, os segredos das coreanas estão sendo aos poucos sendo revelados, já que o Brasil – e o mundo – vive uma febre em busca de todos os detalhes sobre a beleza das orientais. O mais popular deles até agora são os 10 passos de cuidados com a pele, que detalhamos abaixo.

agência epohke, pele, coreanas, 10 passos

Stylenanda

1) Tirar a make com demaquilante à base de óleo
Dormir de maquiagem é completamente proibido, por isso as coreanas optam por produtos à base de óleo para retirar a make. Eles removem com eficiência tudo que acumula na pele durante o dia.

2) Limpeza com produto à base de água
O segundo passo envolve limpar com pele com um produto à base de água, que pode ser a água micelar, bem popular por aqui. Isso garante que o rosto está realmente fresco, e sem vestígios do óleo que foi passado anteriormente.

3) Esfoliar
Ideal para renovar a pele e remover células mortas, o esfoliante deve ser utilizado de 2 a 3 vezes por semana para potencializar o tratamento.

4) Tonificar
Os tônicos servem para regular o ph da pele, proporcionando uma limpeza mais profunda. Use com algodão em movimentos circulares. Alerta: evite os produtos à base de álcool!

5) Essência 
A parte mais difícil – e uma das mais importantes – do tratamento das coreanas está na essência, já que não temos um equivalente semelhante por aqui. O cosmético tem uma fórmula aquosa, mas concentrada, que promove uma taxa de renovação celular mais rápida que ajuda a prevenir rugas e envelhecimento. No Brasil, os séruns podem ser bons substitutos, graças a sua textura mais leve.

agência epohke, pele, coreanas, 10 passos

Yahoo Beauty

6) Tratamento
Esta parte serve para observar a sua cútis e pensar no que ela mais precisa. Firmeza? Redução das manchas? Linhas de expressão? Espinhas? Invista num produto que promete melhorar o que você deseja.

7) Usar máscara facial
As máscaras faciais são o sucesso do momento, mas as coreanas já as conhecem há muito tempo! As favoritas são as sheet masks, feitas de pepel ou tecido que ficam sobre o rosto, com o produto agindo pelo tempo indicado. Esse tipo de máscara está chegando aos poucos ao Brasil, portanto use a que tiver disponível! Vale lembrar que essa parte do tratamento não precisa ser feita todos os dias – 2 a 3 vezes por semana já é o suficiente.

8) Use um creme para os olhos
Os olhos não podem ficar de fora dos cuidados, e vale investir num produto específico, já que essa área é mais fina e sensível do que o restante do rosto. Hora de cuidar das olheiras, linhas finas ou simplesmente hidratar.

9) Hidratar
Escolha o hidratante que melhor funciona para a sua pele (gel, espuma, creme…) e jamais deixe de lado esse passo! Nem precisamos explicar qual é a importância de uma pele bem hidratada, não é mesmo?

10) Passar protetor solar
Na parte da manhã, o clássico protetor solar não pode ficar de fora. Não adianta cuidar da pele e expô-la ao sol sem proteção!

Vale lembrar que não é necessário seguir todos os passos à risca, e que nem tudo funciona para todos os tipos de pele. Consulte um dermatologista, mantenha uma rotina, e aproveite da sua maneira o segredinho revelado das coreanas!

Fontes de pesquisa: ELLE e Vepakum

Cirurgia Íntima pela Dra. Bianca Ohana

A técnica não era discutida até pouco tempo atrás, porém essa realidade vem mudando

cirurgia íntima, vagina, ninfoplastia

Getty Images

Algumas cirurgias plásticas – que são feitas tanto por motivos estéticos quanto de saúde – são muito populares, e parece até que já conhecemos tudo sobre elas. A cirurgia íntima (ou ninfoplastia), que era tabu até pouco tempo, é um dos procedimento que vem ganhando destaque principalmente por conta das mulheres se sentirem mais livres e à vontade para procurar meios de melhorar sua auto estima.

A cirurgiã plástica Bianca Ohana destaca que é possível realizar uma série de procedimentos na região íntima. Os principais deles são:

  • Redução do pequeno lábio: é a mais procurada quando a mulher não se sente confortável com algumas roupas, pois os lábios ficam marcados; sente incômodo ou dor durante a relação sexual ou sofre com acúmulo de sujeira e infecções recorrentes. Por esses motivos, o procedimento pode ser tanto estético quanto funcional.
  • Preenchimento dos grandes lábios: com o passar do tempo, os grandes lábios podem ficar mais flácidos e murchos, por isso o preenchimento é uma alternativa.
  • Redução do capuz do clitóris: com o aumento do pequeno lábio, pode haver um aumento também do capuz do clitóris, que tem a chance de ser reduzido na cirurgia.

Além do que foi mencionamento, existe também a tendência do rejuvenescimento vaginal, que ocorre dentro da vagina. Por critérios hormonais, gravidez ou idade, as mulheres podem apresentar ressecamento, flacidez e estreitamento do canal vaginal. A solução é tratar esses sintomas com laser ou radiofrequência.

Quer saber todos os detalhes sobre o assunto? Assista ao vídeo da doutora Bianca abaixo:

A cirurgiã Bianca Ohana atende no Rio de Janeiro e você pode marcar uma consulta pelo telefone 21 3988 6751 ou entrando em contato pelo site.

Dry brushing, ou escovação a seco, é a técnica do momento para manter a saúde da pele

Com a ajuda de uma escovinha de cerdas naturais, o método promete fazer uma poderosa renovação celular

agência epohke, dry brushing, escova, seco, pele

Getty Images

É só parar para pensar um pouco que podemos concluir que temos o hábito de escovar algumas partes do corpo, como o cabelo e os dentes. O resto, no entanto, fica um pouco esquecido – mas não deveria, já que processo da escovação pode trazer muito benefícios para o corpo todo. Foi aí que surgiu o dry brushing, técnica de beleza que funciona como uma espécie de “detox” do organismo, promovendo a renovação celular e estimulando o sistema linfático.

Para quem já está pensando que é só pegar uma escova qualquer e ir passando pelo corpo, saiba que o método exige alguns cuidados. Em primeiro lugar, é fundamental que a escova possua cerdas naturais, que podem ser mais ou menos macias. Depois, para ver resultado, é preciso manter uma rotina. É possível fazer o dry brushing no máximo duas vezes por dia, e no mínimo um dia sim e outro não. Recomenda-se começar pelos pés e ir subindo até o pescoço, em movimentos circulares suaves, porém firmes. É importante também não esquecer das partes do corpo que não damos muita atenção, como a palma da mão e a sola do pé. Faça com calma: o processo deve levar de 3 a 5 minutos.

Os benefícios, além dos já citados, incluem também a redução da celulite, diminuição dos poros e mais energia para realizar atividades. Mas isso tudo é cientificamente comprovado? A resposta é não, porém mal não faz! Não há estudos específicos para este tipo de tratamento, mas dermatologistas afirmam que escovar a pele traz benefícios semelhantes ao da exfoliação e da massagem, práticas mais reconhecidas pelos estudiosos.

Aqui no Brasil não existem marcas que fabricam escovas com essa função exclusiva, mas é possível encontrar modelos à venda em sites como o eBay e Lucky Vitamins que entregam por aqui. Não existem motivos para deixar de testar a técnica da exfoliação à seco!

Novidade tecnológica: lentes de contato protegem os olhos do sol

O produto funciona quase como um óculos de sol, mas ainda não vai ser possível dispensar o acessório de vez

agência epohke, lente de contato, sol

Getty Images

Muitas pessoas não sabem, mas existe uma informação bem curiosa sobre os nossos globos oculares: é possível queimá-los com o Sol. A doença chama-se fotoceratite, uma espécie de queimadura ocular que atinge aqueles que sofrem com a exposição excessiva a raios UVA e UVB. Os sintomas são olhos vermelhos, doloridos e lacrimejantes. Pensando em diminuir esse problema, surgiu a Acuvue Oasys Contact Lenses, a primeira lente de contato do mercado com proteção solar.

Apensar de algumas pessoas correrem mais risco, a longo prazo qualquer um pode vir a sofrer as consequências dos raios solares, por isso elas podem ser indicadas para qualquer paciente. A novidade funciona pois é adaptável ​​à luz, e escurece quando exposta à luz brilhante – exatamente como funcionam algumas lentes de óculos. O produto possui uma tecnologia chamada Transitions Light Intelligent Technology, que inclusive já foi aprovada pelo FDA, órgão que regulamenta medicamentos nos Estados Unidos.

Mas como tudo isso é colocado em prática? Bom, conforme a luz dos ambientes muda ao longo do dia, as lentes de contato reagem para manter a claridade entrando em seus olhos de forma equilibrada. Por dentro elas são como qualquer lente normal, mas se você sair para o sol elas vão escurecer como se estivesse usando óculos escuros. O segredo é uma tecnologia fotocromática, que ajuda a filtrar a quantidade de luz visível que atinge o olho. De bônus, elas também ajudam a filtrar a luz azul emitida pelas telas – tudo de acordo com uma declaração da Johnson & Johnson, empresa proprietária da Acuvue.

agência epohke, lente de contato, sol

Johnson & Johnson/Divulgação

Como o produto reduz a quantidade de raio UV que atinge a lente e a retina, elas também podem colaborar para reduzir o risco de desenvolver catarata e degeneração macular relacionada à idade. No entanto,  vale destacar que as lentes não podem substituir seus óculos de sol, simplesmente por não cobrirem toda a superfície da parte frontal do olho. Para isso, a dica é procurar por modelos que bloqueiem de 99 a 100% dos raios UVA e UVB, ou seja, invista na qualidade do seu óculos.

O produto deverá chegar em breve às farmácias norte-americanas e está indicado para pessoas com miopia, hipermetropia ou alguns graus de astigmatismo. O modo de usar é o mesmo das lentes tradicionais, e elas devem ser trocadas a cada 14 dias.

É pura tecnologia!