Arquivo da tag: o diabo veste prada

“O Diabo veste Prada” ganha spin-off em livro!

O filme “O Diabo veste Prada”, sucesso no cinema, finalmente vai ganhar a sua continuação, mas em livro. O foco será em Emily Charlton, assistente de Miranda Priestley.

Reprodução.

O best-seller “O Diabo veste Prada”, da autora americana Lauren Weisberger, vai ganhar continuação. Mas o foco não será na Andy, personagem interpretada por Anne Hathaway nas telas.

O novo livro será um spin-off (uma obra derivada de outra história) sobre Emily Charlton, que ganhou vida no cinema com a xará Emily Blunt. Para quem não lembra, a personagem foi assistente de Miranda Priestley.

Reprodução.

Na nova história Emily é uma consultora de imagem de celebridades de alto perfil. Ela recebe uma ligação no meio da festa de fim de ano de Gigi Hadid, sendo requisitada em Nova Iorque para resolver uma crise fashion.

Reprodução/@laurenweisberger (Instagram)

O título em inglês “When Life Gives You Lululemons” é um trocadilho com aquele ditado “quando a vida te dá limões, faça uma limonada”. Lululemons é uma marca esportiva, que faz Emily largar as suas Prada para usar legging. Tudo em nome do trabalho!

A obra será lançada em 2018. Será que vira longa metragem? Torcemos!

Diferenças entre o livro e o filme

No primeiro livro, Emily não só idolatra Miranda, como fica furiosa com qualquer crítica negativa que fazem de sua chefe. Com a chegada de Andy, a assistente fica no pé da novata, comentando sobre a demora da execução de tarefas e a falta de perfeição no resultado final. Andy descobre que Emily desconta nela toda a sua exaustão por estar sempre correndo e fazendo hora extra para Miranda. Mas, como tem a mulher como ídolo, apenas engole o choro. Até o final da trama, Emily vai se transformando e ficando mais parecida com Andy, até acontecendo um princípio de amizade.

Reprodução.

Enquanto isso, no filme, Emily se mostra neurótica com o seu peso e extremamente obsessiva com roupas. Ela está sempre correndo para realizar os desejos de Miranda no menor tempo possível. Com a chegada da Andy, a personagem se mostra superficial e debochada. No término da história, vemos Emily ainda trabalhando com Miranda.

Filme O Diabo Veste Prada vai virar musical da Broadway!

Um dos filmes mais icônicos da moda é, sem duvidas, O Diabo Veste Prada. Lançado em 2006, ele até hoje é lembrado como um marco no mundo da indústria fashion.  Os motivos para este fato ser realidade são os looks maravilhosos e, é claro. Miranda Priestly. Interpretada por Meryl Streep, a “vilã” da história conquistou os espectadores com suas frases secas e personalidade difícil. E o que dizer depois da notícia de que poderemos assistir isso tudo de novo? Só ansiedade!

agência epohke, o diabo veste prada, musical

Divulgação

A Broadway, famosa por seus musicais que começam em Nova York e se espalham pelo mundo, acaba de anunciar que vai produzir sua versão desse sucesso das telonas! O dramaturgo Paul Rudnick e o produtor Kevin McCollum têm vasta experiência no teatro e foram nomes confirmados no projeto. Como sempre, qualidade é o que não vai faltar.

Tá achando pouco? Para completar, a trilha sonora será composta por ninguém menos que Elton John. O músico já compôs as canções do musical “The Lion King”, um dos mais populares espetáculos da Broadway, e pelo qual ele recebeu um Tony em 2000.

Já estamos sentindo o cheiro de sucesso no ar. Quem mais já ficou com vontade de conferir isso de pertinho?

5 filmes que refletem o universo feminino bem como ele é

Final de semana chegando e, convenhamos, nada melhor do que aproveitar em casa na companhia de um bom filme. A não ser que você vá para uma praia paradisíaca, aí a história é outra. Pensando nisso, separamos uma lista de 5 filmes que falam sobre o universo feminino, bem como ele é. Olha só!

  1. As Pontes de Madison (1995)

É aquele clássico: filme velho, história linda. O filme de Clint Eastwood fala sobre a morte dos desejos. Uma mulher casada, com filhos adolescentes, conhece um homem e vive um romance intenso durante quatro dias. Durante essas dias, ela redescobre valores e sentimentos que haviam sido abafados no seu casamento anterior.

as pontes de madison

Nenhuma mulher é completamente maternal, aventureira, executiva e etc. No entanto, muitas mulheres escolhem um único papel, anulando outras (e futuras) possibilidades. Fazem isso, por não acreditarem na sua capacidade de administrar tantos “eus” dentro si.

  1. O Diabo Veste Prada (2006)

Andrea é uma jovem e recém formada jornalista. Ela consegue um emprego na mais importante revista de moda de Nova Iorque, e passa a trabalhar como assistente de Miranda, a executiva carrancuda e chefe da revista. Não demora muito, e logo Andrea percebe que não será fácil.

o diabo veste prada

Dedicar-se 100% ao trabalho e esquecer do mundo ao nosso redor pode, muitas vezes, causar um boom na sua vida e modificá-la de uma maneira que você nunca imaginou. É importante saber dividir o seu tempo entre o trabalho, amigos, romance e demais. Afinal de contas, dedicar-se só a uma coisa pode ficar entendiante, não acha?

  1. Comer, Rezar, Amar (2010)

Inspirado no livro livro de Elizabeth Gilbert, o filme conta a história de Elizabeth, que sempre teve problemas nos seus relacionamentos amorosos. Um dia, como um estalo, ela resolve deixar tudo para trás: marido, trabalho, amigos, família, para viver novas experiências, em luares diferentes e exóticos. Ela parte em viagem para a Índia, Itália e Bali, a fim de se reencontrar e buscar autoconhecimento.

comer reza amar

Já pensou largar tudo assim e partir para uma viagem sozinha? É preciso coragem, não é verdade? Às vezes, ficar sozinha – nem que seja por um tempo – ajuda a colocar as ideias no lugar e a descobrir quem realmente somos. Que tal apostar em uma viagem dessas a qualquer hora?

  1. Garotas do Calendário (2003)

Se você gosta de filmes divertidos, esse é obrigatório na sua lista. Baseado num fato verídico, o filme conta a história de senhoras entre 50 e 70 anos, moradoras a zona rural de Yorkshire, na Inglaterra. Para levantar fundos e investir em um hospital da região, elas decidem posar nuas para o calendário.

garotas do calendário

A idade chega e ninguém está a ponto de evitar a sua chegada. O filme mostra que as noções de decoro podem, sim, ser reavalidadas, deixando-nos cara a cara com as contribuições do tempo. Ele passa, ora bolas. E tira dos nossos ombros as angústias que acumulamos diariamente. Lembre-se: você é linda, não importa a sua idade!

  1. De Repente 30 (2004)

Na trama, Jenna é uma adolescente de 13 anos frustrada e se realiza no seu aniversário, quando acorda no corpo de uma mulher de 30, bem sucedida e editora de uma revista. Assustada, precisa entender o que aconteceu na sua vida e começa a ir atrás das lembranças do passado.

de repente 30

Acima de tudo, o filme mostra algo comum no universo feminino: sonhar faz parte! E quer saber? É bom demais e não machuca ninguém. Então prepare-se para encarar uma viagem divertida e cheia de sonhos, porque em algum momento, a sua hora vai chegar!