Arquivo da tag: ludmilla

Lace Wig: a peruca ultra realista usada pelas famosas para mudanças drásticas de visual

Irmãs Kardashians/Internet

Não é de hoje que as famosas aderiam às perucas para renovar o visual sem estragar as medeixas. O truque usado pelas irmãs Kardashians, vem conquistando as brasileiras. Celebridades como Bruna Maquezine, Anitta, Pabllo Vittar e Ludmilla já chamaram atenção com as constantes mudanças no visual.

Marina Ruy Barbosa/Instagram

No entanto, esse assunto voltou a chamar atenção de muitos após Mariana Ruy Barbosa aparecer com as suas famosas medeixas platinadas em seu Instagram. Tintura ou peruca? Os fãs levantaram muitas teorias até oficializarem que a mudança não era definitiva.
A atriz usou a técnica chamada Full Lace para participar de uma campanha publicitária que foi ao ar os últimos dias. A técnica é a preferida entre as famosas por prometer um resultado natural.

Atualmente existem diversas perucas com técnicas diferentes, Conheça algumas delas:

Sintética: Geralmente feita de fibras de fios de nylon ou acrílico. Esse tipo de peruca costuma mostrar uma resistência maior à mudanças de estilo e formato. Podem durar de 3 e 6 meses. Caso queira fazer alguma alteração na peruca será necessário lavá-la e secá-la com algumas técnicas específicas.

Cabelo humano: As perucas de cabelo natural humano possuem uma qualidade superior às sintéticas, por isso costumam ser mais caras. É preciso estar atenta ao processo de construção das perucas, pois quando mal finalizada o efeito não fica natural na cabeça. Tem duração de aproximadamente 5 anos.

Manual: Neste caso as mechas de cabelo são costuradas manualmente. O trabalho é minucioso e demorado. As perucas feitas à mão costumam ser sob medida e com modelagem que permite repartir o cabelo para qualquer lado, garantindo mais naturalidade.

Na máquina: As perucas feitas na máquina geralmente são sintéticas. De qualquer forma, naturais ou não, o cabelo é costurado na touca em uma única direção, e isso faz com que o efeito não seja tão natural.

Full cap: Técnica em que os fios são costurados em uma touca que cobre totalmente o cabelo. A vantagem são cabelos muito mais volumosos e a desvantagem é que o couro cabeludo não respira tanto e esquenta, causando desconforto.

Open cap: “Touca aberta” como o nome já revela, costura o cabelo em faixas, o que permite que fique um pequeno espaço entre uma mecha e outra, permitindo que o couro cabeludo respire. Nesta classificação entram também os apliques de franja, rabo de cavalo e mechas que cobrem apenas uma parte dos fios.

Lace front: Possui uma malha de renda fina na linha da frente do cabelo, permitindo um melhor manuseio. Esta parte frontal normalmente é colada na testa fazendo com que a transição para a pele seja mais suave e menos perceptível.

Full lace: A versão moderna e mais procurada de todas, pode ser usada até para fazer coques e rabos de cavalo. Os fios no topo são individuais, puxados através do tecido da touca e o efeito é incrível.

Fonte: site Glamurama.

Melissa e Rider criam collab descolada!

Coleção tem direito até a hit de Ludmilla embalando seu lançamento

agência epohke, melissa, ludmilla, rider

Divulgação

Já faz um tempo que a Melissa investe em trazer de volta calçados que fizeram sucesso nos anos 90, e, para isso, nada melhor que chamar a Rider para uma parceria! As marcas acabaram de lançar em conjunto dois calçados que são um clássico da época: o Melissa Slide + Rider, que é uma releitura do R86 da Rider, e a Melissa Papete + Rider, uma releitura do Rider RX. É claro que mesmo com a inspiração nas décadas passadas, o estilo irreverente dos sapatos de plástico deixa a novidade com uma cara mais atual do que nunca!

Os novos looks trazem uma pegada street e esportiva, mas sem deixar de lado a tendência do calçado “do papai” graças a detalhes como o fecho em velcro e o solado grosso. Falando neste assunto, a sola é uma reprodução daquela feita na Melissa Aranha, a primeira criação da marca – e até hoje um sucesso. As cores, como já é característico da Melissa, são sempre bem variadas. Tons neutros como o branco e o preto fazem companhia a combinações mais inusitadas como o laranja e verde-limão, e o laranja e verde ou azul.

agência epohke, melissa, ludmilla, rider

Divulgação

agência epohke, melissa, ludmilla, rider

Divulgação

agência epohke, melissa, ludmilla, rider

Divulgação

Para completar o lançamento, a cantora Ludmilla, que estrela as fotos da coleção, também fez um novo clipe para o seu hit Cheguei. Veja o vídeo abaixo:

Quer garantir a sua? Os sapatos já estão à venda pelo e-commerce da Melissa e da Rider, nas lojas Clube Melissa e em multimarcas concept. Os preços são R$ 120,00 pelo Slide + Rider e R$ 170,00 pelo Papete + Rider. Para quem não tem medo de ousar e ama o estilo vintage, essa é a parceria perfeita!