Arquivo da tag: id hall

Como fazer escova no cabelo sozinha: Passo a passo

Quer criar um penteado que parece que você acabou de sair do salão? É possível, se você tiver o know-how.

Cliente: Camila Sperb / Foto: Kellen Mizerski

Quando você seca seu cabelo, parece que leva uma eternidade? E quando seu cabelo está finalmente seco, parece estar faltando um pouco de movimento? Não se preocupe, aqui você encontra um passo a passo para nunca mais cometer os erros que estão te impedindo de ter o efeito escovado perfeito.

Passo 1: Você está lavando seu cabelo do jeito certo?
O primeiro passo para fazer escova no cabelo sozinha é realizar um excelente lavado.
“A primeira coisa que ensinamos aos aprendizes no salão é como lavar o cabelo corretamente”, diz Roque Martins – Hairstylist do espaço Id Kely Bavaresco. “É super importante!” É fundamental que o cabelo esteja realmente molhado e que você use não apenas o produto correto para o momento que seu cabelo está vivendo (a estação do ano também determina que produto você deveria estar aplicando nos seus fios, viu?) mas também, certificar-se de que você está usando produto suficiente para obter uma boa espuma em toda a cabeça. Ao lavar, nunca esfregue o cabelo com as palmas das mãos ou as unhas (como se estivesse coçando a cabeça) esfregue sempre com a ponta dos dedos pelo couro cabeludo e vá massageando o xampu com uma boa pressão. Você pode usar um ritmo um pouco mais rápido do que se estivesse massageando, e lembre-se de cobrir todo o couro cabeludo. Lavar o cabelo é uma questão de limpar o couro cabeludo! Ao realmente remover toda a sujeira e o acúmulo de produtos, você permite que o couro cabeludo volte a respirar.

Por isso, pode ser que você queira repetir esse processo duas ou três vezes dependendo das características ou necessidade do seu cabelo. Enxague uma segunda vez e aplique agora o seu condicionador. Tente não aplicar na raiz, porque o nosso organismo já produz óleo suficiente para hidratar a raiz dos nossos cabelos – principalmente após o uso do shampoo. Adicionando mais o condicionador, ao invés de hidratar, obtemos um efeito oleoso. Condicione do meio até o final do comprimento e depois enxágue.

Passo 2: Tenha em mãos um ótimo secador de cabelos e aprenda a pré-secar da
maneira certa!

Aqui um erro bem comum que muitas mulheres cometem: Depois de sair do banho, deixar os cabelos na toalha por uns 30 minutos – o que é péssimo para a saúde dos seus cabelos! Quando molhado, o cabelo está em seu estado mais vulnerável, e uma toalha de algodão pode causar atrito e danificar os fios até o ponto em que o cabelo se rompe. Então, permitir que ele seque ao ar, é sempre a opção mais saudável, ainda mais se você for loira (veremos mais sobre isso abaixo). Investir em um secador de boa qualidade é importante, especialmente se você tem muito cabelo ou se costuma secá-lo com frequência. Outro detalhe importante aqui é saber secar o seu cabelo de acordo com a sua textura. – Cabelos mais finos podem secar um pouco mais ao ar, cerca de 80% com o uso de secador, enquanto os cabelos mais grosso, muito crespos ou ondulados devem estar apenas 50% secos antes de começar a fazer escova no cabelo sozinha. Se você secar demais, ele vai ficar com aquele efeito de frizz indesejado. Se você é loira, a dica aqui é deixar o seu cabelo secar naturalmente até uns 70% para depois puxar com escova e secador, isso devido às pontes de sulfeto que se rompem ao molhar.

Passo 3: Não se esqueça de borrifar um bom defrizzante ou protetor térmico no meio do comprimento até as pontas.

Usar o produto certo ‘pré-blowout’ vai impedir seus fios de quebrarem e fazer a escova durar mais tempo.

Passo 4: Divida seu cabelo em mechas não muito grossas.
Muitas mulheres cometem o erro de começar pela parte de trás do cabelo e quando chegam no topo e na linha do meio do cabelo, ele já está seco, tornando bem mais difícil conseguir alisá-lo. O melhor é começar nas têmporas, na linha do cabelo e na coroa e depois voltar para a nuca. Dessa forma, você aborda as partes mais visíveis primeiro. Então, divida o topo da cabeça, depois as laterais sempre passando por de trás das orelhas e, por último, a parte de traz que dá pra dividir em duas partes.

Cliente: Mari Belmonte / Foto: Kellen Mizerski

Passo 5: Comece a secar da raiz para as pontas.
Quando começar a escova, trabalhe mecha por mecha para que a raiz não fique marcada. Inicie pela raiz, alisando bem. Depois passe para a metade do comprimento para dar brilho ao cabelo e, por último, tente modelar as pontas. Seguindo os três passos, você terá uma escova linda e com movimento. A forma como você direciona o secador influencia (e muito) no resultado final. O bico do secador precisa ser posicionado na diagonal e o jato de ar tem de seguir de cima para baixo (ou da raiz para as pontas). Assim, as escamas dos fios se fecham evitando aquele efeito arrepiado. Outra dica aqui é dar uma atenção extra à sua raiz quando estiver escovando sozinha seu cabelo.

Existe isso da “melhor escova para fazer escova”?

Realmente não faz sentido gastar uma fortuna em produtos e secador de cabelo, se você não tiver uma boa escova. Na verdade existem sim algumas escovas melhores que outras mas isso depende muito do comprimento, textura e objetivo de acabamento. Por isso, o ideal é pedir uma dica ao seu cabeleireiro de confiança do melhor tipo de escova para o seu cabelo – e melhor: para o efeito de escova que você deseja obter seja super liso, escova modelada, escova virada para fora, escova com efeito ondulado ou outro efeito.

Cliente: Helen Stalker / Foto: Kellen Mizerski

Passo 6: O toque final, a finalização.

O último passo (mas não menos importante), quando você for fazer escova no cabelo
sozinha, é a finalização.

Não basta apenas fazer escova, trabalhar mecha por mecha, moldar os cachos, prender o cabelo com grampos e achar que está tudo resolvido. Não mesmo! É necessário atentar para o último passo que envolve os tão falados (mas pouco utilizados) os finalizadores em sua versão mousse, spray fixador, gel ou pomada. De novo, aqui você pode pedir uma dica para o seu especialista em cabelos favorito para que ele te direcione ao melhor finalizador para o seu tipo de cabelo, ocasião e nível de movimento que você prefere. Evite aqueles que contêm silicone na fórmula, principalmente se você tiver tendência à oleosidade.

Uma dica é terminar a escova com um jato de ar frio para diminuir um pouco do frizz após a secagem com jato de ar quente. Mulheres com fios cacheados, que querem um efeito super liso por um dia, melhor confiarem no toque final dado pela chapinha para garantir o penteado por mais tempo – mas tente usar com moderação senão, o que é para ser um aliado, se torna um inimigo bem rapidinho no quesito saúde dos fios.

E, se você quiser ir além da escova, e criar você mesma um penteado que parece que
você acabou de sair do salão, faça o Curso de Penteados ministrado por Roque Martins
Hairstylist no espaço Id Kely Bavaresco.

Cliente: Mari Belmonte / Foto: Kellen Mizerski

No Curso de Auto Penteado ministrado no Id Kely Bavaresco pelo Stylist Roque Martins
você vai dominar a arte de modelar seu cabelo do jeito certo.

No curso, você vai aprender:

– Criar você mesma penteados rápidos para algumas ocasiões
– Um overview das principais tendências, produtos e ferramentas de finalização
– Melhorar suas habilidades com trança, babyliss ou accessorising
– Aprender a obter um acabamento perfeito de longa duração

Link para consultas e agendamentos: bit.ly/AgendeSeuHorarioid

Por Roque Martins, Hairstylist no espaço Id Kely Bavaresco.

Remoção de Micropigmentação de Sobrancelha à Laser: Como Funciona

Sabe aquela tatuagem que você fez há muito tempo, que se arrepende e sonha em retirar? Ou aquela Micropigmentação das Sobrancelhas que deu errado? Hoje, é possível fazer a remoção de ambos! O Laser é utilizado para retirar a tinta aplicada nos pelos e na pele – além de melhorar a harmonia facial.

Em busca das sobrancelhas perfeitas, muitas mulheres optam pela Micropigmentação, pois é um método de preenchimento de falhas muito delicado e realista. O pigmento selecionado é baseado na cor natural dos pelos e o formato dos fios segue o mesmo dos supercílios, de modo que simule perfeitamente um fio normal. Mas nem sempre o resultado fica como o esperado.

Divulgação Id Hall. Foto: Isaias Martins

A partir disso, as estéticas contam com o procedimento de Despigmentação à Laser, em que consiste na remoção de pigmentações imperfeitas, trazendo harmonia facial. Por se tratar de uma região sensível, a luz do laser pode deixar os pelos um pouco esbranquiçados no momento da aplicação, mas não se preocupe, é uma reação normal ao tratamento! Isso se dá devido ao laser atraído pela melanina, ele quebra as moléculas do pigmento e gera o tom esbranquiçado e em minutos os pelos voltam ao normal. Ao finalizada a sessão, o laser fragmenta o pigmento da pele em micropartículas e o próprio organismo se responsabiliza em eliminá-lo.

Segundo a Esteta e Cosmetóloga e Expert em Sobrancelhas, Kely Bavaresco, do Id Hall de Porto Alegre, é importante levar em conta que existem vários modelos e tecnologias de laser que são capazes de remover o pigmento na pele, tanto na zona da sobrancelha como em outras áreas. “Eu utilizo um tipo de laser desenvolvido especificamente para remover pigmento da sobrancelha sem danificar os fios (sem causar queda dos pelos). Ele também consegue remover tatuagens pequenas como aquela estrelinha no pulso que a cliente enjoou e não quer mais. Esse tipo de remoção de pigmento eu até faço – pela baixa complexidade do procedimento, mas para casos de tatuagens maiores, eu sempre indico que a pessoa procure um centro especializado” explica a micropigmentadora Kely Bavaresco.

Divulgação Id Hall. Foto: Isaias Martins

É importante não confundir a Despigmentação à Laser com a Neutralização! Pois existem casos que não é necessária a remoção da tatuagem, mas sim, uma correção no tom da sobrancelha. Para isso, o procedimento indicado é a Neutralização, que se trata de uma técnica que exige conhecimentos de colorimetria, em que o profissional identifica a cor predominante na micropigmentação que falhou e procura outra que a complemente, para chegar a um resultado mais neutro e agradável.

Tem interesse no procedimento? Entre em contato com a Equipe do Id Hall.

Loira no verão? O que ninguém te diz sobre Mechas

O verão é oficialmente a temporada dos cabelos loiros! Mas, antes de partir para a transformação, é importante saber que existem diferentes técnicas e variações
de tons para apostar, além dos novos cuidados que seus fios seguramente irão
precisar após essa mudança. Pensando nisso, preparamos esse post com a ajuda da Tricologista Francine Prigol que nos trouxe algumas dicas para considerar antes de descolorir o cabelo.

Se você ama cuidar dos cabelos e adora estar por dentro das principais tendências, é melhor ler até o fim ;).

Muitas mulheres têm dúvidas de qual técnica e nuance aderir – loira platinada, acobreada, mechas caramelo, balayage, babylights ou mechas californianas? Descolorir em todos os fios, fazer mechas ou luzes, mudar o visual dando aquela clareada em apenas alguns fios ou em todo o cabelo? Calma! A primeira coisa que você deve considerar e que poucos profissionais
estão dispostos à contar pra você, é que descolorir o cabelo é um dos procedimentos que agride os fios.

A ação do pó descolorante com o oxidante, é uma reação química forte. A mistura dos dois produtos abre as escamas dos fios e penetra no seu interior para retirar os pigmentos dos fios de cabelo. É possível que durante esse procedimento o seu cabelo perca vitaminas, proteínas e hidratação que devem ser repostas!

Antes de fazer a química sempre é indicado realizar uma avaliação capilar com
o objetivo de identificar o que o fio está precisando: reconstrução, nutrição e/ ou
hidratação. Um tratamento que sempre deve ser realizado após descolorir ou
fazer mechas no cabelo é reconstrução visto que ela ajuda a devolver
principalmente os aminoácidos – deixando os fios saudáveis e fortes novamente.

“No dia a dia, para cuidar das luzes existem uma série de produtos desenvolvidos especialmente para cabelos com mechas, que ajudam a realçar o contraste entre as tonalidades e hidratar suavemente os fios sem pesar – por isso, são perfeitos para revitalizar o cabelo” afirma a Tricologista Francine Prigol, que recentemente, realizou em São Paulo, um curso intensivo de Mechas Criativas com o embaixador da Wella Professionals no Brasil, o reconhecido Romeu Felipe. No curso, Francine desbravou as quatro principais técnicas de descoloração dos fios e tons apontados como tendência para esta temporada de Verão 2019.

Leve em consideração antes das #Mechas: Quanto maior o volume (potência) do oxidante a ser utilizado, maior será o clareamento e, dessa forma, maiores serão os danos. Quanto mais claríssimo, mais platinado, mais sensível e menos protegido seu cabelo ficará e mais
cuidados ele exigirá pós a descoloração.

Por isso, segundo a profissional Francine Prigol é preciso avaliar o cabelo e fazer um teste de
mechas antes da transformação! Quer mudar o visual nesse início de 2019?
Marque sua avaliação com a Francine Prigol – tricologista e idealizadora do Id_Hall localizado no Bairro Auxiliadora em Porto Alegre!

Id Hall inaugura spa e oferece serviço completo de cuidados para o corpo e rosto!

Espaço é perfeito para relaxar e se entregar aos tratamentos dos melhores profissionais

id hall, id spa, body slimming

Imagem cedida por Id Spa

Quando pensamos em salões beleza ou clínicas de estética, geralmente a imagem que vem à nossa cabeça é sempre a mesma: um lugar com cores neutras, algumas mesas e cadeiras e pouco decorado. A novidade é que o salão Id Hall, de Porto Alegre, segue na contramão de todo esse conceito e acaba de inaugurar um espaço chamado Id Spa, área destinada exclusivamente à procedimentos estéticos que vai fazer com que você se sinta em casa!

A decór moderna e o paisagismo contribuem para dar uma sensação de liberdade mesmo no meio da cidade. Junte o ambiente incrível ao profissionalismo dos melhores experts de beleza e você tem o lugar perfeito para tirar um tempinho para cuidar de si mesma!

id hall, id spa, body slimming

Imagem cedida por Id Spa

id hall, id spa, body slimming

Imagem cedida por Id Spa

id hall, id spa, body slimming

Imagem cedida por Id Spa

É claro que o Mais Bonita por Menos não poderia deixar de dar uma chance para você aproveitar um dos procedimentos oferecidos pelo Id Spa. O desconto imperdível é na massagem Body Slimming, técnica que conquista cada vez mais fãs que buscam eliminar a retenção de líquidos e diminuir medidas.

O método é um novo conceito de massagem, que mistura Drenagem Linfática, Drenagem Linfática Profunda e Massagem Modeladora. Ela não dói e chega para desmistificar essa lembrança do passado de que dor e resultados andam juntos. Para obter resultados satisfatórios são indicadas pelo menos 8 sessões iniciais, e após este período é preciso fazer uma avaliação individual, já que cada pessoa tem uma estrutura diferente, sendo assim, necessidades diferentes.

É possível associar a Body Slimming a outros tratamentos sem nenhum problema, sendo os mais comuns Manthus, Radiofrequência, Eletrolipólise e Corrente Russa – vale lembrar que tudo vai depender da sua avaliação e necessidade.

Impossível não se apaixonar por essa novidade, não é mesmo? No Mais Bonita, 5 sessões da massagem saem de R$ 675 por R$ 419 – clique aqui e aproveite!

id hall, id spa, body slimming

Antes e depois da massagem Body Slimming (Imagem cedida por Id Spa)

Espia só a lista de todos os tratamentos que você encontra no Id Spa:

Podologia
Unhas de gel
Extensão de cílios
Permanente de cílios
Micropigmentação em olhos
Micro Sobrancelhas
Micro Lábios
Remoção de tatuagem em sobrancelhas com laser
Reflexologia pés
Massagem Body Slimming
Massagem Relaxante
Massagem Terapêutica
Massagem Craniana
Drenagem linfática pós operatório
Drenagem linfática Corporal
Drenagem linfática facial
Esfoliação Corporal
Criolipólise
Criofrequência
Depilação a laser com Fiber
Depilação com cera
Radiofrequência
Manthus
Endermologia
Ultrassom
Corrente Russa
Limpeza de pele
Peeling diamante
Peeling químico
Hidratação Facial

O espaço de beleza que Porto Alegre precisava!

3 diferentes estilos de maquiagem para formatura que você verá em breve em todas as cerimônias!

Em dúvida sobre qual make adotar para a sua colação de grau? Aqui nós te apresentamos algumas ideias! Por Mariana Costa

Todas as formandas almejam um visual impecável que dure da cerimônia até a festa, com registros de fotos realcem a alegria nesse dia especial. Para isso, inspire-se com as dicas de make para formatura mais quentes de 2018, com opções que vão funcionar muito bem em mulheres de todos os estilos – do mais fashionista ao clássico e atemporal.

maquiagem, formatura, inspiração

Reprodução/Mariana Costa

1) Olhos Marcados
Pele com brilho natural, sombras neutras, cílios cheios de volume e lábios naturais – essa é a combinação perfeita para o seu look de formatura. Se você é uma formanda mais descolada, que tal ousar em diferentes combinações de cores? Use o seu tom favorito para marcar o côncavo e ilumine as pálpebras, em seguida, adicione um delineado preto para marcar bem o contorno dos olhos e dar aquele olhar marcante que adoramos ver em festas. Por último, aplique um tom de lábio natural e uma pitada de bronzer.

maquiagem, formatura, inspiração

Olhos marcados (Reprodução/Mariana Costa)

2) O olho esfumado num nível totalmente novo!
Este olhar descolado e arrojado vai fazer você se destacar em uma multidão de olhos esfumados. Aplique uma cor base de sombra e, em seguida, ao invés de adicionar uma sombra preta, use uma colorida – na foto, a modelo leva uma sombra holográfica (verde, azul e marrom). Finalize com camadas de rímel preto e alguns cílios a mais para tornar o seu olhar super intenso!

maquiagem, formatura, inspiração

Olho esfumado (Reprodução/Mariana Costa)

3) Over-the-Top Cat Eye, o delineado marcante
Se você é do tipo que prefere uma maquiagem mais natural, sua melhor escolha será sombras em cores pastel ou nude com um leve brilho ou efeito metalizado, criando assim uma sensação de pureza em seu rosto. Se você quiser criar uma aparência mais felina e sensual, o “olho de gato” será a melhor forma destacar a make, fazendo com que seus olhos realcem ainda mais. Já os lábios escuros em acabamento fosco ou efeito matte vão fazer você deslumbrante de uma forma diferente, e ao mesmo tempo espetacular.

maquiagem, formatura, inspiração

Cat eye (Reprodução/Mariana Costa)

Formatura à vista?
Conheça os pacotes exclusivos para formandas oferecido no Id Hall Salão Boutique, espaço com clima intimista localizado no Bairro Auxiliadora, em Porto Alegre, e idealizado por Kely Bavaresco e Francine Prigol. Link para consultas e agendamentos: bit.ly/AgendeSeuHorarioid. A profissional Mariana Costa é especialista em Micropigmentação Labial e também Make-up Artist no Id Hall.

Micropigmentação nos lábios: o que é, quais são os tipos, recomendações e cuidados

Por Mariana Costa

agência epohke, micropigmentação labial, lábios

Reprodução/Marina Costa

A micropigmentação dos lábios é um dos tratamentos mais comuns buscado pelas pessoas que recorrem à maquiagem semipermanente para embelezar os traços faciais de seu rosto, e tem a função de aumentar o volume dos lábios por um efeito óptico. Também procuram o procedimento pessoas que querem corrigir imperfeições estéticas, sejam elas causadas por algum acidente ou cirurgia ou em decorrência de fatores genéticos.

Os principais benefícios da micropigmentação nos lábios
Os benefícios da micropigmentação labial são muitos. Além de trazer aos lábios aquela cor desejada, é possível corrigir assimetrias e ajustar em proporção o lábio superior e inferior.

Pessoas que possuem cicatrizes na região também podem disfarçar ou atenuar com a micropigmentação. Você poderá ter os lábios perfeitamente definidos como sempre sonhou. Com a técnica de micropigmentação labial é possível obter dois efeitos: Batom e Aquarela.

No efeito batom, como o nome diz, utilizam-se tonalidades mais fortes (de acordo com o tom de pele e lábios da cliente) para que o efeito seja semelhante ao do batom. No procedimento, o pigmento é escolhido pensando no efeito desejado, e pode ser aplicado no contorno da boca e também na região de dentro dos lábios.

É possível manusear diferentes tipos de agulhas e tons de pigmentos para conseguir o aspecto mais natural possível ou um efeito Aquarela, preenchendo os lábios de fora para dentro como um degradê.

agência epohke, micropigmentação labial, lábio

Reprodução/Mariana Costa

Micropigmentação Labial versus Revitalização Labial
Diferente da micropigmentação, a revitalização labial é ideal para pessoas que buscam a “dar vida” aos lábios de uma forma natural, a qual não implanta tanto o pigmento na pele, e tem efeito de contorno dos lábios.

“Além de pigmentar os lábios, o uso do demógrafo, aparelho com agulha que utilizamos durante a realização da técnica, auxilia na produção de colágeno e elastina”, explica a especialista Mariana Costa sobre o procedimento. Essas substâncias são importantes para rejuvenescer, oxigenar e hidratar a pele do rosto.

É indicado para quem já tem lábios naturalmente corados e definidos, para quem quer corrigir erros de simetria e imperfeições causadas pelo envelhecimento da pele ou, simplesmente, para deixar os lábios mais evidentes e com aspecto saudável.

Micropigmentação nos lábios dói?
Por ser um procedimento pouquíssimo invasivo costuma ser não muito dolorido. Ainda que se possa aplicar creme anestésico na região, é normal sentir um leve desconforto antes e depois do procedimento.

agência epohke, micropigmentação labial, lábio

Reprodução/Mariana Costa

Durabilidade e Cuidados Posteriores
No primeiro dia, a intensidade do pigmento é maior e durante a cicatrização o tom pode clarear em torno de 70%. O procedimento tem durabilidade de aproximadamente 1 ano, e por não se tratar de tatuagem, não altera o tom – a cor vai clareando gradativamente.

Os cuidados pós procedimento são básicos: gelo durante as primeiras horas e utilizar um hidrante labial na primeira semana. Geralmente são feitas duas sessões, sendo que a segunda é apenas para retoque. A micropigmentação dura em média 12 meses, dependendo de cada organismo. Vale destacar que é importante ela não seja definitiva, pois isso garante que não ocorrerá uma mudança de cor no pigmento.

Pensando em fazer micropigmentação nos lábios?
A profissional Mariana Costa é especialista em micropigmentação labial e também Make-up Artist no Id -Salão Boutique, com clima intimista idealizado por Kely Bavaresco e Francine Prigol. O Mais Bonita por Menos, é claro, tem um desconto imperdível no procedimento. A micropigmentação com Marina Costa está de R$ 1200 por R$ 699, é só acessar o nosso site clicando aqui para conferir todos os detalhes! Não perca a chance!