Arquivo da tag: cuiriosidade

O Boticário anuncia novo perfume fabricado com a ajuda da Inteligência Artificial

Marca de cosméticos é a primeira do mundo a lançar um produto com essas características

o boticário, perfume, inteligência artificial

Divulgação/O Boticário

O Boticário acaba de apresentar num evento em Nova York uma novidade que comprova definitivamente que o futuro já chegou: as primeiras fragrâncias do mundo desenvolvidas com a ajuda da Inteligência Artificial. O produto deve começar a ser comercializado em meados de 2019, e foi criado em parceria com dois gigantes globais – a Symrise, uma das mais renomadas casas de fragrância do mundo, e a IBM Research. 

“Queríamos criar um produto direcionado para quem quer aproveitar a vida ao máximo. Algo bem característico da geração Millennial – que gosta de se jogar, sem medo de errar, e quer ser livre para fazer suas escolhas – das mais previsíveis às mais inusitadas. E que tivesse tudo a ver com o gosto do consumidor brasileiro, que fosse a melhor combinação para quem é curioso e adora viver novas experiências”, explica o gerente de Perfumaria do Boticário, Jean Bueno.

Utilizando a Phylira, Inteligência Artificial desenvolvida pela IBM Research, foram examinadas milhões de fórmulas e milhares de ingredientes de forma a identificar padrões e novas combinações – tudo através de novos e avançados algoritmos. O resultado foi duas combinações inusitadas de perfumes, com um pouco de cheiro de frutas, flores, doces, especiarias, madeiras e até pepino. Com as essências em mãos, o time de Pesquisa e Desenvolvimento do Grupo Boticário refinou a combinação e chegou às duas primeiras fragrâncias no mundo criadas com o apoio da Inteligência Artificial. Segundo os próprios, o resultado surpreendeu pelas combinações inusitadas. 

Nome, embalagem e outras características serão reveladas no próximo ano, mas já foram testadas e aprovadas por especialistas no segmento. Mesmo sendo uma arte superantiga, nem a perfumaria está livre da inovação tecnológica. Ainda teremos que esperar mais um pouco para descobrir se tanta modernidade vale a pena, mas sem dúvidas a novidade, no minimo, desperta muita curiosidade!