Arquivo da tag: criolipolise são paulo

Como funciona a Criolipólise, tecnologia descoberta por Harvard para redução de Gordura

 

Nem sempre nos damos conta do quão tecnológico os procedimentos estéticos têm se tornado com o passar dos tempos. Um bom exemplo desse avanço é a criolipólise, uma estratégia que veio para ficar.

Trata-se de uma técnica que utiliza baixas temperaturas para nos livrar de gordurinhas indesejadas em regiões localizadas. Por isso, ela se tornou queridinha daqueles que buscam um corpo esculpido, mas que estão cansados de procedimentos ineficazes e, por vezes, até mesmo dolorosos.

Você já deve ter visto em nosso aplicativo anúncios do procedimento, que já ganhou muitas adeptas e é um sucesso. No entanto, pouco se fala sobre a história desse tratamento. Neste post, vamos abordar tudo o que precisa saber sobre a criolipólise. Confira!

Fonte: GettyImages – criolipólise

O que é a criolipólise?

Antes de explicarmos o que é esse procedimento, que tal conferirmos um pouquinho sobre a sua criação e origem? Em seguida, explicaremos como ele funciona e quais são os seus benefícios. Vamos lá?

A criolipólise foi desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Harvard, nos EUA, e usa baixas temperaturas para acabar com a gordura localizada. Isso acontece por meio de um aparelho próprio que é colocado na superfície da pele, fazendo as células congelarem a temperaturas negativas para serem destruídas.

Esse tipo de técnica, inclusive, também é aplicado na medicina humana e, até mesmo, veterinária para o tratamento de lesões e muitos outros problemas. Por isso, é um procedimento altamente seguro.

A proprietária da Clínica de Estética Oligoslim Ipanema, Maria Luíza Ciampi, explica que, em contato com a baixa temperatura, as células de gordura — chamadas de adipócitos — rompem-se totalmente. Em consequência, o corpo entende que elas não fazem mais parte do organismo e as expele de forma natural.

O tratamento é um verdadeiro sucesso há anos, sendo popularmente conhecido como “a nova lipoaspiração”. Mas diferentemente da lipo, a criolipólise não é um procedimento cirúrgico. Além disso, é praticamente indolor. A sua sensação, para pessoas mais sensíveis, é a mesma de um leve beliscão, que passa rapidinho. Incrível, não é mesmo?

Quais são os tipos de criolipólise?

De modo geral, podemos dizer que há quatro tipos diferentes de criolipólise. A seguir, falaremos brevemente sobre cada um deles.

Criolipólise convencional

Esse é o tipo mais básico. Com o procedimento, a gordura é eliminada a partir do resfriamento da região, que faz com que as células se autodestruam por conta das baixas temperaturas. Suas proteínas desnaturam e elas deixam de ser “funcionais”.

Criolipólise de contraste

Na criolipólise de contraste, o procedimento funciona mais ou menos da mesma maneira, mas com uma pequena diferença: são alternados períodos de aquecimento da região com os de resfriamento. A ideia é potencializar ainda mais a destruição dessas células e garantir resultados mais eficazes e rápidos.

Criolipólise de reperfusão

Nesse tipo, o período de aquecimento ocorre apenas ao final do procedimento. Essa técnica tem como objetivo aumentar a recuperação dos tecidos após o resfriamento contínuo da região atingida pelas baixas temperaturas.

Criolipólise de preparo

Por fim, temos a criolipólise de preparo, que é exatamente o oposto da anterior. Aqui, o aquecimento é feito antes de todo o procedimento com o objetivo de preparar os tecidos para o que está por vir e tornar a técnica mais eficiente.

A criolipólise ideal para você dependerá de uma série de fatores. Por isso, converse sempre com o profissional responsável por realizar o procedimento e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto.

Como esse procedimento funciona?

A criolipólise é feita com a ajuda de um aparelho específico cujos aplicadores ajustam-se perfeitamente às diferentes áreas do corpo. “Para a região da barriga, por exemplo, existe uma ponteira grande, já para as costas e pneuzinhos laterais utiliza-se a ponteira menor”, explica Maria Luíza.

A ponteira do aparelho realiza um poderoso vácuo que promove a sucção da pele e da porção de gordura localizada. Ao mesmo tempo, o resfriamento intenso e controlado age danificando seletivamente as células adiposas, que são mais sensíveis ao frio, sem causar qualquer dano a nervos, músculos e outras estruturas próximas.

A eliminação das estruturas dos adipócitos destruídas é feita pelo sistema imune, e a gordura no interior das células é conduzida ao fígado pelo sistema linfático para sua metabolização. Não há perigo de sobrecarga no órgão, já que a quantidade diária de gordura a ser metabolizada é pequena.

Quando a criolipólise é indicada?

A criolipólise não é um tratamento para quem está muito acima do peso ou em casos de obesidade. O procedimento é uma opção para homens e mulheres com gordura localizada em algumas regiões corporais, o famoso “pneuzinho”, incapaz de ser eliminado só com dieta e exercícios físicos.

Por conta disso, é preciso saber bem o que está sendo procurado na hora de recorrer a esse tipo de procedimento. O ideal é que o paciente passe por uma dieta com a realização de exercícios físicos para perder peso antes de investir na criolipólise.

Não há necessidade de nenhum exame laboratorial prévio para realização da técnica, contudo, é imprescindível uma avaliação na clínica escolhida para saber se criolipólise realmente é indicada.

Há contraindicações para a sua realização?

Como todo tipo de procedimento, há algumas condições que impossibilitam a realização da criolipólise. A primeira é o excesso de peso, já que essa não é uma técnica que visa o emagrecimento. Logo, a quantidade de tecido adiposo pode prejudicar o resultado final do procedimento.

No entanto, isso não é tudo. Algumas condições que impedem a criolipólise são:

  • sensibilidade extrema ao frio;
  • presença de problemas de pele na região;
  • hérnias;
  • infecções variadas.

Além disso, gestantes e pessoas que sofreram intervenções cirúrgicas nos últimos meses não podem, pelo menos temporariamente, fazer sessões de criolipólise. Na dúvida, converse com um profissional para receber a melhor orientação.

foto: banco de imagens 123RF

Quais são os cuidados necessários após o procedimento?

Para garantir que os resultados obtidos sejam realmente satisfatórios, precisamos atentar também para os cuidados que sucedem a realização do procedimento. A seguir, veja alguns deles!

  • tome cuidado com a exposição ao sol;
  • evite atividades físicas por, pelo menos, dois dias após a criolipólise;
  • aumente a ingestão de líquidos durante a primeira semana;
  • evite as bebidas alcoólicas;
  • não coma alimentos pesados nos primeiros dias.

Além disso, é importante ressaltar que um certo inchaço na região é bastante comum e, até mesmo, esperado. No entanto, se o sintoma persistir por mais de algumas semanas ou se tornar muito acentuado, é fundamental que procurar o profissional responsável para que uma avaliação seja feita.

Quão cedo poderei ver os resultados e o que devo esperar?

Quando realizamos algum tipo de procedimento estético, o que queremos é que os resultados sejam vistos logo que saímos do consultório ou da sala de atendimento, não é mesmo? No entanto, a paciência é algo fundamental para quem está buscando a redução das medidas e das gordurinhas com a criolipólise.

A criolipólise pode ser feita em qualquer estação, inclusive no verão. Mas se a ideia é que os resultados sejam notados no período mais quente do ano, o ideal é se programar antes. O resultado completo leva até 90 dias para aparecer, embora seus benefícios são sentidos uma semana após a realização do tratamento.

Por isso, é fundamental escolher uma boa clínica e um profissional devidamente qualificado para uma avaliação prévia de suas reais necessidades e a realização do procedimento. Ele poderá determinar, por exemplo, o número de sessões necessárias para que os resultados almejados sejam obtidos e tirará suas principais dúvidas sobre o assunto.

Como escolher a melhor clínica para fazer o tratamento?

Já que estamos falando sobre a escolha de um bom estabelecimento a fim de realizar as sessões de criolipólise de modo seguro e eficaz para a obtenção de resultados realmente satisfatórios, que tal conversamos sobre algumas dicas para acertar ao tomar essa decisão?

Muitos lugares oferecem esse tipo de serviço, por isso, é bastante comum que nos sintamos um pouco confusos sobre como escolher a melhor opção. A primeira orientação que podemos dar é: pesquise bastante. Assim, você descobrirá qual clínica é a ideal para realizar o procedimento.

Alguns pontos que merecem atenção são, por exemplo, o tempo de mercado e a reputação da empresa. Se possível, faça uma visita e observe pontos como a infraestrutura do ambiente, a higienização do local, o atendimento oferecido ao cliente e a preocupação da equipe em tirar todas as suas dúvidas.

Por fim, outra boa maneira de garantir uma escolha acertada é buscar a opinião dos demais frequentadores das clínicas entre as quais você precisa se decidir. Na internet, é possível ter acesso a reclamações e elogios, especialmente nas redes sociais de cada estabelecimento.

Agora que você já sabe o que a criolipólise, como ela funciona e conhece todos os detalhes sobre esse procedimento revolucionário para a beleza e a autoestima, o que está esperando para recorrer à técnica? Agende o quanto antes uma visita com um profissional especializado e livre-se das gordurinhas indesejadas o quanto antes.

Experimente Criolipólise, clique aqui e veja nossas promoções de criolipólise no Rio de Janeiro, Porto Alegre, São Paulo – preços válidos para compra somente pelo site / app do Mais Bonita. 

Criolipólise de Contraste: Reduza Medidas em uma visita!

Créditos: Viviane Ramos

A lipoaspiração é conhecida como o método padrão de ouro para redução de gordura, no entanto, é acompanhado por riscos de efeitos adversos graves, como infecção, hematomas e tempo de recuperação prolongada. Técnicas não invasivas de redução de gordura foram desenvolvidas e preferidas por pacientes que buscam alternativas mais simples, como terapia a laser de baixo nível, criolipólise, radiofrequência (RF) e ultra-som focado de alta intensidade (HIFU).

Créditos: Viviane Ramos

A criolipólise é o método utilizado com mais frequência pelos pacientes, pois alcança uma maior redução de gordura em apenas uma única sessão. O tratamento recebeu autorização da FDA (Food and Drug Administration) para redução de gordura em 2010, abdômen em 2012 e coxas em 2014. No entanto, também foi utilizado para tratamentos off label de braços, coxas, joelhos, costas e peito.

Enquanto outros tratamentos baseados em estudos científicos de modalidades não invasivas utilizam o calor para redução de gordura, gerado pelo laser, RF e ultra-som e destruindo as células adiposas, a criolipólise é completamente diferente. O aparelho utiliza exposição ‘fria’ ou redução de energia térmica para destruir estas células, fazendo com que a exposição à baixa temperatura induza apoptose de adipócitos, ou seja, morte à gordura.

A estética Infini, utiliza a técnica da criolipólise de contraste que reduz em até 42% a gordura localizada. Por promover o aquecimento após o congelamento, a criolipólise de contraste favorece um melhor resultado para a ruptura das células de gordura, sendo superior ao de uma massagem manual. Com aproximadamente 1h de tratamento, em até 4 semanas inicia o processo da redução de gordura localizada.

Os efeitos adversos podem ser

  • Desconforto durante o procedimento.
  • Hematomas
  • E um leve dolorido, dependendo da sensibilidade do paciente.

Uma das principais vantagens da Criolipólise, é que por não se tratar de um procedimento invasivo, o paciente não precisa de grandes cuidados ou se afastar de suas atividades diárias.
Para que se tenha um melhor resultado, é indicado atividade física e uma alimentação saudável. Confira nossas promoções de Criolipólise de Contraste, com a Infini.

O texto acima foi elaborado por Viviane Ramos, Biomédica Especializada em Estética com Certificação em Harvard em Harmonização Facial, Preenchimento, Botox e Fios.