Procedimentos Faciais para Realizar no Inverno: Microagulhamento, Lasers e Peelings

Com a chegada da estação mais fria, vem também o momento ideal para agendar diversos tratamentos para rejuvenescimento e tratamento da pele. Esse é nosso assunto de hoje!

Créditos: Dollar Photo Club

O Inverno é o período perfeito para realização de procedimentos após os quais o paciente deve se resguardar do sol, tais como os peelings e os lasers ablativos. Nesses tratamentos, há perda da epitelização, ou seja, a pele precisa se recompor e revitalizar. Para proteção da derme, o paciente deve evitar exposição solar.

Selecionei aqui três protocolos que recomendamos nas estações mais frias. A recuperação pode durar alguns dias, mas os resultados costumam ser muito significativos. Além desses tratamentos citados, há outras técnicas que podemos realizar com mais tranquilidade no inverno, como remoção de sinais, que costuma deixar a pele mais sensível e vulnerável.

Peeling Químico no inverno

Peeling é um procedimento no qual aplicamos ácido, ou utilizamos agentes que realizam a descamação, para estimular a renovação celular na pele do paciente. Após a aplicação do produto, as camadas superficiais são removidas e a tez se renova, mais bonita e com viço. No caso do peeling químico, o tipo mais profundo, o período do inverno é ideal para realização. Há alguns protocolos que podem demorar até 15 dias para completar a regeneração. Exigem mais cuidados, mas os efeitos são mais visíveis no rejuvenescimento da pele.

Microagulhamento

Por meio da perfuração da pele com as agulhas, estimulamos a renovação celular e a produção do colágeno, o que melhora bastante a aparência da pele. Com as micropunturas, é possível tratar cicatrizes, promover rejuvenescimento, amenizar manchas de melasma e, até mesmo, tratar calvície. Porém, após o procedimento, a pele fica inchada, vermelha e mais sensível, por isso é recomendado evitar ao máximo a exposição solar direta nos primeiros dias.

34784484 – rejuvenation, beautification, the woman at the beautician, mesotherapy microneedle, microagulhamento

Laser Ablativo

O laser ablativo estimula a produção de colágeno e elastina, renovando a pele. Por meio de queimaduras leves, o procedimento destrói a camada superficial da pele. É indicado para rejuvenescimento, com melhora de rugas e manchas. Após a realização do procedimento, a pele descama e há a renovação epitelial, levando à vermelhidão e sensibilidade. Por isso, a tez precisa de cuidados redobrados, evitando exposição excessiva ao sol.

Luz Intensa Pulsada

A luz intensa pulsada é um recurso poderoso para os tratamentos estéticos. Sua aplicação, quando indicada, possui vários benefícios e pode atenuar diversos problemas estéticos, como manchas, acne, rosácea e olheiras. Além disso, estimula a produção de colágeno e deixa a pele com mais brilho e viço. O procedimento funciona por meio da emissão de feixes de luz, com vários comprimentos de onda, capazes de atingir diferentes alvos na derme e tratar distintos problemas. Dessa forma, atingimos apenas o tecido-alvo. Além da assertividade, uma das vantagens do procedimento é a rápida recuperação. No mesmo dia a pessoa já pode voltar às suas atividades normais. Quando bem aplicado, é um tratamento seguro e eficaz. A Luz Intensa Pulsada é muito bem empregada na face, mas também pode ser utilizada em áreas como pescoço, colo, braços e mãos, muito afetadas pela ação solar. É indicada para pessoas a partir dos 30 anos de idade.

O tratamento é indicado para as estações mais frias do ano, pois deve ser realizado preferencialmente e uma pele não bronzeada, e, se houver exposição exagerada ao sol após o procedimento, há o risco da geração de manchas na pele.

Laser 2940

O Laser Erbium Fracionado Ablativo 2940 estimula a produção de colágeno e elastina, removendo as células antigas da pele. Eficiente para tratamento de manchas, rugas finas, cicatrizes e para rejuvenescimento do rosto.

Dra. Fairuz, nova colunista do blog do Mais Bonita

Isso acontece por meio dos microdanos térmicos que o aparelho provoca na pele. Tudo feito com muita segurança, acompanhado de perto pela Dermato. Normalmente, é necessário mais de uma sessão para os resultados desejados, mas após uma semana já é possível observar uma pele mais bonita.

Quer fazer uma avaliação e aproveitar o inverno para cuidar da pele? Ligue e faça seu agendamento. Para mais conteúdo sobre o mundo da beleza, siga a Dra. Fairuz no Insta e acesse o blog.

(51) 3414.2770 – 3307.2770 – 98692.6697
Rua Mariante, 180 – Sala 304 | Bairro Moinhos de Vento – Porto Alegre/RS

Como fazer escova no cabelo sozinha: Passo a passo

Quer criar um penteado que parece que você acabou de sair do salão? É possível, se você tiver o know-how.

Cliente: Camila Sperb / Foto: Kellen Mizerski

Quando você seca seu cabelo, parece que leva uma eternidade? E quando seu cabelo está finalmente seco, parece estar faltando um pouco de movimento? Não se preocupe, aqui você encontra um passo a passo para nunca mais cometer os erros que estão te impedindo de ter o efeito escovado perfeito.

Passo 1: Você está lavando seu cabelo do jeito certo?
O primeiro passo para fazer escova no cabelo sozinha é realizar um excelente lavado.
“A primeira coisa que ensinamos aos aprendizes no salão é como lavar o cabelo corretamente”, diz Roque Martins – Hairstylist do espaço Id Kely Bavaresco. “É super importante!” É fundamental que o cabelo esteja realmente molhado e que você use não apenas o produto correto para o momento que seu cabelo está vivendo (a estação do ano também determina que produto você deveria estar aplicando nos seus fios, viu?) mas também, certificar-se de que você está usando produto suficiente para obter uma boa espuma em toda a cabeça. Ao lavar, nunca esfregue o cabelo com as palmas das mãos ou as unhas (como se estivesse coçando a cabeça) esfregue sempre com a ponta dos dedos pelo couro cabeludo e vá massageando o xampu com uma boa pressão. Você pode usar um ritmo um pouco mais rápido do que se estivesse massageando, e lembre-se de cobrir todo o couro cabeludo. Lavar o cabelo é uma questão de limpar o couro cabeludo! Ao realmente remover toda a sujeira e o acúmulo de produtos, você permite que o couro cabeludo volte a respirar.

Por isso, pode ser que você queira repetir esse processo duas ou três vezes dependendo das características ou necessidade do seu cabelo. Enxague uma segunda vez e aplique agora o seu condicionador. Tente não aplicar na raiz, porque o nosso organismo já produz óleo suficiente para hidratar a raiz dos nossos cabelos – principalmente após o uso do shampoo. Adicionando mais o condicionador, ao invés de hidratar, obtemos um efeito oleoso. Condicione do meio até o final do comprimento e depois enxágue.

Passo 2: Tenha em mãos um ótimo secador de cabelos e aprenda a pré-secar da
maneira certa!

Aqui um erro bem comum que muitas mulheres cometem: Depois de sair do banho, deixar os cabelos na toalha por uns 30 minutos – o que é péssimo para a saúde dos seus cabelos! Quando molhado, o cabelo está em seu estado mais vulnerável, e uma toalha de algodão pode causar atrito e danificar os fios até o ponto em que o cabelo se rompe. Então, permitir que ele seque ao ar, é sempre a opção mais saudável, ainda mais se você for loira (veremos mais sobre isso abaixo). Investir em um secador de boa qualidade é importante, especialmente se você tem muito cabelo ou se costuma secá-lo com frequência. Outro detalhe importante aqui é saber secar o seu cabelo de acordo com a sua textura. – Cabelos mais finos podem secar um pouco mais ao ar, cerca de 80% com o uso de secador, enquanto os cabelos mais grosso, muito crespos ou ondulados devem estar apenas 50% secos antes de começar a fazer escova no cabelo sozinha. Se você secar demais, ele vai ficar com aquele efeito de frizz indesejado. Se você é loira, a dica aqui é deixar o seu cabelo secar naturalmente até uns 70% para depois puxar com escova e secador, isso devido às pontes de sulfeto que se rompem ao molhar.

Passo 3: Não se esqueça de borrifar um bom defrizzante ou protetor térmico no meio do comprimento até as pontas.

Usar o produto certo ‘pré-blowout’ vai impedir seus fios de quebrarem e fazer a escova durar mais tempo.

Passo 4: Divida seu cabelo em mechas não muito grossas.
Muitas mulheres cometem o erro de começar pela parte de trás do cabelo e quando chegam no topo e na linha do meio do cabelo, ele já está seco, tornando bem mais difícil conseguir alisá-lo. O melhor é começar nas têmporas, na linha do cabelo e na coroa e depois voltar para a nuca. Dessa forma, você aborda as partes mais visíveis primeiro. Então, divida o topo da cabeça, depois as laterais sempre passando por de trás das orelhas e, por último, a parte de traz que dá pra dividir em duas partes.

Cliente: Mari Belmonte / Foto: Kellen Mizerski

Passo 5: Comece a secar da raiz para as pontas.
Quando começar a escova, trabalhe mecha por mecha para que a raiz não fique marcada. Inicie pela raiz, alisando bem. Depois passe para a metade do comprimento para dar brilho ao cabelo e, por último, tente modelar as pontas. Seguindo os três passos, você terá uma escova linda e com movimento. A forma como você direciona o secador influencia (e muito) no resultado final. O bico do secador precisa ser posicionado na diagonal e o jato de ar tem de seguir de cima para baixo (ou da raiz para as pontas). Assim, as escamas dos fios se fecham evitando aquele efeito arrepiado. Outra dica aqui é dar uma atenção extra à sua raiz quando estiver escovando sozinha seu cabelo.

Existe isso da “melhor escova para fazer escova”?

Realmente não faz sentido gastar uma fortuna em produtos e secador de cabelo, se você não tiver uma boa escova. Na verdade existem sim algumas escovas melhores que outras mas isso depende muito do comprimento, textura e objetivo de acabamento. Por isso, o ideal é pedir uma dica ao seu cabeleireiro de confiança do melhor tipo de escova para o seu cabelo – e melhor: para o efeito de escova que você deseja obter seja super liso, escova modelada, escova virada para fora, escova com efeito ondulado ou outro efeito.

Cliente: Helen Stalker / Foto: Kellen Mizerski

Passo 6: O toque final, a finalização.

O último passo (mas não menos importante), quando você for fazer escova no cabelo
sozinha, é a finalização.

Não basta apenas fazer escova, trabalhar mecha por mecha, moldar os cachos, prender o cabelo com grampos e achar que está tudo resolvido. Não mesmo! É necessário atentar para o último passo que envolve os tão falados (mas pouco utilizados) os finalizadores em sua versão mousse, spray fixador, gel ou pomada. De novo, aqui você pode pedir uma dica para o seu especialista em cabelos favorito para que ele te direcione ao melhor finalizador para o seu tipo de cabelo, ocasião e nível de movimento que você prefere. Evite aqueles que contêm silicone na fórmula, principalmente se você tiver tendência à oleosidade.

Uma dica é terminar a escova com um jato de ar frio para diminuir um pouco do frizz após a secagem com jato de ar quente. Mulheres com fios cacheados, que querem um efeito super liso por um dia, melhor confiarem no toque final dado pela chapinha para garantir o penteado por mais tempo – mas tente usar com moderação senão, o que é para ser um aliado, se torna um inimigo bem rapidinho no quesito saúde dos fios.

E, se você quiser ir além da escova, e criar você mesma um penteado que parece que
você acabou de sair do salão, faça o Curso de Penteados ministrado por Roque Martins
Hairstylist no espaço Id Kely Bavaresco.

Cliente: Mari Belmonte / Foto: Kellen Mizerski

No Curso de Auto Penteado ministrado no Id Kely Bavaresco pelo Stylist Roque Martins
você vai dominar a arte de modelar seu cabelo do jeito certo.

No curso, você vai aprender:

– Criar você mesma penteados rápidos para algumas ocasiões
– Um overview das principais tendências, produtos e ferramentas de finalização
– Melhorar suas habilidades com trança, babyliss ou accessorising
– Aprender a obter um acabamento perfeito de longa duração

Link para consultas e agendamentos: bit.ly/AgendeSeuHorarioid

Por Roque Martins, Hairstylist no espaço Id Kely Bavaresco.

Striort: Reduza em até 80% Estrias Brancas com Técnica Ortomolecular

Com o objetivo de reduzir em grande escala as estrias brancas e vermelhas, um dos tratamentos que vem chamando a atenção com seus resultados é o Striort. O procedimento melhora o aspecto da estria, diminui o seu tamanho e a textura da região através de estimulação local.

A estria nada mais é do que o rompimento das fibras elásticas que sustentam a camada intermediária da pele, formada por colágeno e elastina. O procedimento promete reduzir a aparência das estrias, tanto vermelhas quanto brancas.  As vermelhas são mais fáceis de tratar, pois são consideradas “estrias novas”, em que há ainda a circulação de sangue, porém isso não impede de tratar as brancas, constituídas pela interrupção sanguínea.

O Striort constitui em uma técnica que promete eliminar em até 80% as estrias na primeira sessão. O aparelho a vácuo, baseado no Método Ortomolecular (tratamento que defende o uso de minerais e vitaminas, como sumplementos, loções corporais e cremes), é aplicado na pele e traz o sangue para a superfície, estimulando a passagem da corrente sanguínea para a região, tornando as estrias tratáveis. Seu primeiro aspecto após a sucção é de aparência vermelha, como se fossem “feridas”, mas some cerca de 10 dias após a primeira sessão.

E os cuidados se estendem para dentro de casa, o que é chamado de tratamento Home Care. Nesta etapa, o especialista recomenda o uso de um sabonete de argila preta, cremes com princípio ativo de Dexpanteno e loção rejuvenescedora. Juntos, os produtos vão ajudar na regeneração e a manter a pele macia e hidratada, mas os itens variam conforme o esteticista. Além do tratamento corporal, é necessário não ingerir alimentos que estimulam a produção de colágeno e não expor a pele ao sol durante 15 dias após a sessão.

Fonte: site Striort

Fonte: site Striort

Fonte: site Striort

Leia mais sobre o Striort na matéria da Vogue.

Confira nossas promoções de Striort em Porto Alegre e Rio de Janeiro  a partir de R$ 399 em até 6 x sem juros.

Miracle Touch de Renata França, Mistura de Massagem Modeladora e Drenagem Linfática e ganha cada vez mais fãs!

Queridinha de celebridades, o Miracle Touch anda conquistando cada vez mais adeptas. Criado pela esteticista Renata França, o procedimento desincha e modela o corpo, deixando a silhueta mais delineada. A técnica pode ser aplicada na cintura, perna, braços e até no rosto. Além disso, ainda tem a vantagem de ser um método completamente indolor e não invasivo.

agência epohke, miracle touch, tratamentos estéticos

Getty Images

Segundo reportagem da Glamour, o resultado é percebido logo depois das primeiras manobras (são 20 no total) que funcionam como uma espécie de lipoescultura manual imediata – uma massagem detox. “Foram anos trabalhando em um spa francês, até que juntei as técnicas da modeladora e da drenagem linfática de uma forma única”, conta Renata. Os resultados? Pele uniforme, músculos mais definidos e pneuzinhos laterais pro espaço. No geral, a aparência mais sequinha pode durar de 2 até 3 dias.

Fonte: site Spa Renata França

A única contraindicação para realizar a Miracle Touch é para pacientes que estejam com febre ou câncer. A recomendação para manter o shape sempre em dia é de 2 sessões por semana. Com fãs como Bruna Marquezine, Sabrina Sato e Gabriela Pugliesi, não demorou muito para que essa mistura de drenagem linfática e massagem modeladora se espalhasse por todo o Brasil. As comparações de antes e depois são impressionantes, e não deixam dúvidas sobre a eficiência do método.

Fonte: Glamour

Veja também episódio do Canal da Vogue que mostra técnicas para realizar em si mesma, a auto miracle: vale a tentativa!

Fonte: Canal da Vogue

Renata França é um fenômeno impressionante! Seus cursos lotam e o aumento pela procura não pára de crescer! Veja aqui a agenda de cursos em cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre e até Lisboa!

Renata estudou a fundo todas as técnicas de massoterapia e manobras manuais, anatomia e muita, mas muita experiência! De aluna do SENAC, tornou-se uma das referências mundiais sobre o assunto. Suas pupilas formadas pelo curso são muitas e estão em diversos países! Leia a história completa de Renata – uma jornada muito bonita! – neste artigo do Women’s Health.

Impossível não querer experimentar! E o melhor: no Mais Bonita tem! Confira Miracle Touch e Drenagem Linfática Método Renata França em até 6 x sem juros.

Micropigmentação fio a fio de Sobrancelhas com com Microblading

A técnica garante um olhar marcante e resultados imediatos

agência epohke, micropigmentação, fio a fio, microblading, sobrancelhas

Agência Epohke

As sobrancelhas, através do tempo, sempre seguiram suas modas. Elas já foram superfinas, com arcos bem definidos, naturais, e por aí vai, até que chegamos nos dias de hoje, em que o que faz sucesso é respeitar a simetria do rosto de cada pessoa. A questão é que nem todos nascem com os pelinhos definidos – seja por uma questão genética ou porque exagerou na pinça. A boa notícia é que para isso existe uma solução, e das mais eficientes: a micropimentação, ou microblading!

O Mais Bonita por Menos visitou o salão Finesse, que realiza a micropigmentação fio a fio utilizando o método japonês Tebori. O procedimento é feito com um instrumento usado para marcar a pele por meio de uma pequena caneta com micro lâminas de tamanhos diferenciados. Os riscos são feitos em sentidos diferentes da sobrancelha, até formar o desenho completo. A técnica surgiu no século XIX, e de lá pra cá teve diferente funções.

A novidade é que nos dias atuais, ferramentas de medição colaboram para que o profissional saiba exatamente onde posicionar cada fio. Antes da sessão começar, é feito um Design de Sobrancelhas, que determina qual formato deixará o rosto com um resultado mais harmônico e natural. Veja nas fotos abaixo:

agência epohke, micropigmentação, fio a fio, microblading, sobrancelhas

Agência Epohke

agência epohke, micropigmentação, fio a fio, microblading, sobrancelhas

Agência Epohke

Uma pomada anestésica colabora para aliviar o desconforto e em alguns minutos já é possível sair do salão de sobrancelha renovada. Para quem quer acompanhar todos os detalhes, gravamos dois vídeos do procedimento:

Os resultados são instantâneos e impressionam bastante! Veja o antes e depois:

agência epohke, micropigmentação, fio a fio, microblading, sobrancelhas

Antes e depois (Agência Epohke)

agência epohke, micropigmentação, fio a fio, microblading, sobrancelhas

Antes e depois (Agência Epohke)

Vale destacar que a micropigmentação não é definitiva, e em cerca de um ano a tinta sai naturalmente da pele sem desbotar. Para quem já descobriu que a sobrancelha tem o poder de transformar o rosto, chegou a hora de aproveitar o nosso desconto. A micropigmentação fio a fio no salão Finesse está de R$ 500 por R$ 269, é só clicar aqui e aproveitar!

Mais colágeno, por favor! Sculptra, Colágeno Hidrolisado ou Superfoods?

Sempre falamos aqui dos novos ou tradicionais rituais de beleza, curiosidades e lançamentos  desse universo que nos deixam ansiosas para testar! Estamos na era do skincare, ou cuidado com a pele. Ou seja, não terá rímel colorido ou um super batom que roubará a cena de uma pele bem cuidada.

Ao que tudo indica, a temporada 2019/2020 terá o colágeno em seu reinado definitivamente… De acordo com o Google Trends houve um aumento de mais de 300% nas pesquisas por colágeno e a China, quem vem dominando o mercado de beauté especialmente quando se trata de tecnologia, está entre os três principais países do mundo a liderarem essas buscas, fato que comprova o crescimento da demanda pelo produto no país.

Hoje falaremos de três formas de aumentar a produção de colágeno. Presente nos mais desejados procedimentos dermatológicos, o Sculptra será um deles, assim como o colágeno hidrolisado, que ganhou versões potentes, com grandes marcas chancelando sua eficácia. Além disso, a desejada proteína entrou de vez como “ingrediente” numa das maiores tendências do momento: as superfoods! Vamos falar um pouquinho de cada um deles pra vocês. Confira!

Colágeno Hidrolisado: As pessoas entenderam que o caminho para prevenir a flacidez muitas vezes não é de fora para dentro, mas sim de dentro para fora, dando ao seu corpo os nutrientes que ele precisa para se regenerar. O colágeno, que é produzido naturalmente pelo corpo, começa ter a produção em queda de 1% a partir dos 25 anos e aos 50 anos de idade, o organismo produz em média 35% dessa proteína. Por isso, ingerir colágeno é uma das melhores formas de manter a pele firme.

Colágeno. Imagem: Pinterest.

Superfoods: São alimentos que, em pequenas porções, trazem alta densidade nutritiva, poucas calorias e grandes benefícios ao organismo. Sua ingestão vai ao encontro da tendência de beleza ativa, que relaciona definitivamente beleza a bem-estar e saúde. Com diversas e boas opções de produtos no mercado, muitas têm o colágeno na composição, facilitando a absorção da proteína pelo organismo.

Super alimentação em complementos. Imagem: Pinterest.

Sculptra: O procedimento dermatológico conhecido como “banco de colágeno” é popularmente chamado de Sculptra ou ácido poli-L-lático, é um tratamento estético desenvolvido para quem quer estimular a produção de fibras de colágeno nas regiões escolhidas para aplicação (sim, esse é de fora para dentro!). Biocompatível, o tratamento não oferece nenhum risco de ser rejeitado pelo organismo e os benefícios na pele da face e do corpo são visíveis desde a primeira sessão, dando firmeza à pele.

Se você quer conhecer mais tratamentos para estimular a produção de colágeno, clique aqui.

E você? Já usa um desses métodos para prevenir a perda de colágeno ou repor a substância no organismo? Conte pra gente!