Arquivo da categoria: Cabelo

Tudo para o seu Cabelo: os melhores tratamentos, técnicas e salões – em Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo e Canoas.

Nioxin: Saiba qual Sistema é mais indicado para os seus fios

Instagram: Nioxin Brasil

A Nioxin é um tratamento anti-afinamento, capaz de reduzir as chances de queda capilar. Esse pilar do grupo Wella conta com seis sistemas que deixam o couro cabeludo mais saudável e os fios mais fortes e resistentes.

Descubra qual linha é mais indicada para você:

O Sistema Nº 1 é indicado para os fios naturais com um leve afinamento. A formula proporciona para os cabelos uma aparência mais densa, assim reduzindo a queda devido à quebra dos fios e revigorando o couro cabeludo.

O Sistema Nº 2 fortalece a resistência contra danos e quebras, deixando os cabelos mais espessos, cheios e com brilho saudável. Ajuda na limpeza e o otimiza o tratamento do couro cabeludo e dos fio. Indicado para os cabelos naturais com um afinamento moderado.

O Sistema Nº 3 foi pensado para os fios com coloração e um leve afinamento. A formula tem o poder de remover a oleosidade, os ácidos graxos e os resíduos ambientais, que obstruem os folículos, enquanto melhora a textura do cabelo, hidrata e protege a cor dos cabelos.

Instagram: Nioxin Brasil

O Sistema Nº 4 também foi pensado para os cabelos com coloração, porém com afinamento avançado. O produto proporciona cabelos mais espessos e cheios removendo a oleosidade, os ácidos graxos e os resíduo que obstruem os folículos.

O Sistema Nº 5 é para os cabelos quimicamente tratados com leve afinamento. Ele remove os resíduos e a oleosidade do couro cabeludo, proporcionando uma hidratação uniforme para os fios.

O Sistema Nº 6 é indicado para os cabelos quimicamente tratados com um intenso afinamento. O produto deixa os cabelos mais grossos e cheios, remove a oleosidade, restaura o nível de umidade e protege a cor dos fios. O resultado final são cabelos visivelmente mais macios e densos.

Todos os Sistemas Nioxin contam com três produtos que são para: limpeza, hidratação e tratamento. Eles são indicados para homens e mulheres, você pode encontrar a linha Nioxin por um ótimo preço no Beleza na Web.

Dicas para proteger a pele e o cabelo do mar e da piscina

10428242 – smiling woman in hat

A estação mais quente do ano chegou e com ela a vontade de se refrescar, curtir a praia e a piscina, certo? Certíssimo! Porém, junto com a diversão, vem também a necessidade de cuidar da saúde da pele e dos cabelos, que sofrem muito nesta época do ano. Neste texto, vamos expor alguns dos impactos do sal e do cloro, e dar algumas dicas para manter a saúde e a beleza para não ter que abrir mão de nada!

Efeitos da praia na pele e no cabelo

Na praia, os raios ultravioleta não vêm apenas de cima. Eles também são refletidos na areia e na água, queimando por baixo também. Além disso, quando a água evapora, os cristais de sal também refletem o sol e podem danificar a pele.

Além de nos proteger dos raios solares, na praia precisamos também tomar todos os cuidados com a água do mar. Devido à sua alta concentração de sal, ao entrar na água nossa pele começa um efeito de desidratação, afinal, o sal tem a propriedade de “roubar a água” dos outros meios, promovendo um processo chamado de osmose. É esse processo que nos deixa murchinhos logo após um banho de mar. O ressecamento causado pelo excesso de sal também atinge os fios de cabelo, que ficam desidratados. Isso pode deixar os fios mais ásperos, quebradiços e opacos, além de perder parte de sua oleosidade natural.

Efeitos da piscina na pele e no cabelo

Assim como a água do mar, a água da piscina com cloro também gera impactos na pele e no cabelo. Por seu efeito antibactericida, o cloro interfere na microbiota da pele, e deixa nossa tez mais sensível a coceiras, irritações e ressecamento. Além disso, se ficarmos muito tempo em contato com a água da piscina, a barreira protetora da pele se dissolve, deixando a pele menos hidratada.

Com relação aos cabelos, a combinação da água e do cloro é o fator mais agravante. Em contato com a água, os cabelos tendem a ficar inchados, gerando pequenas fissuras na cutícula capilar, que facilita a penetração do cloro, que tem baixo pH e deixa as madeixas opacas, fracas e quebradiças.

Como proteger a pele e o cabelo no verão

Com relação aos cabelos, a dica é lavar o cabelo antes mesmo de entrar na piscina, para que os fios fiquem já saturados e não absorvam tanta água. Depois de curtir, tanto a praia quanto a piscina, tome banho com água doce rapidamente, para remover o cloro e o sal. Invista também em cremes hidratantes e protetores térmicos, para selar os fios. Vale apostar nos produtos com filtro solar e vitamina E, e não se esqueça do chapéu, para não queimar o couro cabeludo. Além disso, deixe de lado itens como chapinha e secador, para não danificar ainda mais os fios.

Tanto na praia quanto na piscina, proteja-se com filtro solar, reaplicado a cada duas horas, óculos de sol, chapéu e guarda-sol. Para a pele, o segredo é muita hidratação. Use os sabonetes recomendados para o seu tipo de pele e abuse dos cremes para restabelecer a barreira cutânea. O antioxidante é um ótimo aliado, para combater os efeitos dos raios solares no envelhecimento precoce. 

Ficou com alguma dúvida?

A nossa colunista dermatologista Dra. Fairuz Helena pode atender você. Ligue e faça seu agendamento. Para mais conteúdo sobre o mundo da beleza, siga a Dra. Fairuz no Insta e acesse o blog.

(51) 3414.2770 – 3307.2770 – 98692.6697
Rua Mariante, 180 – Sala 304 | Bairro Moinhos de Vento – Porto Alegre/RS

Quer saber como funciona o corte bordado? Confira todas as nossas dicas!

Todo o cabelo, por mais hidratado que esteja, anda sempre exposto à chapinhas, secadores, Sol e poluição que prejudicam a saúde dos fios. O resultado disso é que volta e meia surgem as pontas duplas e quebradas, e muitas vezes a única solução encontrada para resolver esse problema é passando a tesoura. Mas agora, as coisas mudaram! O chamado corte bordado promete acabar com todos esses incômodos e ainda conta com uma vantagem super importante: mantém o comprimento do cabelo igualzinho!

agência epohke, corte bordado, split ender, pontas duplas

Reprodução/Drops das Dez

O aparelhinho moderno atende pelo nome de Split Ender, e com a ajuda de poderosas lâminas ele nivela os fios que estão para fora do contorno do cabelo, ou seja, elimina quase totalmente as pontas duplas e ressecadas. Funciona da seguinte maneira: é só separar uma mecha fina do cabelo (que precisa estar bem liso) e ir passando pelo aparelho devagar, da mesma forma que se passa a chapinha. Um reservatório acoplado na máquina vai aos poucos acumulando as pontinhas dos fios, e você pode ter certeza de que é só isso mesmo que vai embora!

O bordado pode ser feito em qualquer tipo de cabelo, menos nos bem curtinhos, já que neles fica muito difícil pegar as mechas. O intervalo entre um corte e outro deve ser de pelo menos três meses, pois é importante lembrar que mesmo não mexendo no comprimento, o Split Ender funciona como um tratamento para os fios, portanto é importante dar um tempo para que eles cresçam novamente.

agência epohke, corte bordado, split ender, pontas duplas

Reprodução/Nina Cares

agência epohke, corte bordado, split ender, pontas duplas

Reprodução/Nina Cares

Dito tudo isso, é preciso estar atenta! Por mais que pareça fácil de ser manuseado, não é recomendado usar o Split Ender em casa. A boa notícia é que o corte bordado está ficando cada vez mais popular, por isso a tendência é que fique mais fácil encontrar profissionais especializados na sua cidade. Assista o vídeo abaixo com o Split Ender em ação:

A Melhor Reconstrução Capilar do do mundo? Joico K-PAK

Imagem: Joico

Você sabia que o Reconstrutor Capilar Joico K-PAK Deep Penetrating foi o vencedor do prêmio “Reconstrutor Favorito” por 16 anos consecutivos e é o atual ganhador no “Stylist Choice Awards 2017“?

Divulgação: Joico


O sucesso dos produtos Joico não são nenhuma novidade. A marca líder em reconstrução capilar promete em uma única aplicação reconstruir e fortalecer os fios danificados por químicas ou até mesmo por ações do tempo.

Em alguns minutos, a potente combinação de aminoácidos do Reconstrutor devolve força, elasticidade e maciez para seus cabelos. Não importa qual seja a textura, espessura ou comprimento. O segredo do tratamento é a alta concentração de uma fórmula reparadora da proteína capilar, – especialidade da marca – que protege e reconstrói os fios danificados.

O melhor amigo das medeixas das mulheres do mundo inteiro pode ser encontrado com os parceiros do Mais Bonita. Clique aqui e confira as nossas promoções no Rio de Janeiro, Porto Alegre e São Paulo – preços válidos para compra somente pelo site / app do Mais Bonita. 

Lace Wig: a peruca ultra realista usada pelas famosas para mudanças drásticas de visual

Irmãs Kardashians/Internet

Não é de hoje que as famosas aderiam às perucas para renovar o visual sem estragar as medeixas. O truque usado pelas irmãs Kardashians, vem conquistando as brasileiras. Celebridades como Bruna Maquezine, Anitta, Pabllo Vittar e Ludmilla já chamaram atenção com as constantes mudanças no visual.

Marina Ruy Barbosa/Instagram

No entanto, esse assunto voltou a chamar atenção de muitos após Mariana Ruy Barbosa aparecer com as suas famosas medeixas platinadas em seu Instagram. Tintura ou peruca? Os fãs levantaram muitas teorias até oficializarem que a mudança não era definitiva.
A atriz usou a técnica chamada Full Lace para participar de uma campanha publicitária que foi ao ar os últimos dias. A técnica é a preferida entre as famosas por prometer um resultado natural.

Atualmente existem diversas perucas com técnicas diferentes, Conheça algumas delas:

Sintética: Geralmente feita de fibras de fios de nylon ou acrílico. Esse tipo de peruca costuma mostrar uma resistência maior à mudanças de estilo e formato. Podem durar de 3 e 6 meses. Caso queira fazer alguma alteração na peruca será necessário lavá-la e secá-la com algumas técnicas específicas.

Cabelo humano: As perucas de cabelo natural humano possuem uma qualidade superior às sintéticas, por isso costumam ser mais caras. É preciso estar atenta ao processo de construção das perucas, pois quando mal finalizada o efeito não fica natural na cabeça. Tem duração de aproximadamente 5 anos.

Manual: Neste caso as mechas de cabelo são costuradas manualmente. O trabalho é minucioso e demorado. As perucas feitas à mão costumam ser sob medida e com modelagem que permite repartir o cabelo para qualquer lado, garantindo mais naturalidade.

Na máquina: As perucas feitas na máquina geralmente são sintéticas. De qualquer forma, naturais ou não, o cabelo é costurado na touca em uma única direção, e isso faz com que o efeito não seja tão natural.

Full cap: Técnica em que os fios são costurados em uma touca que cobre totalmente o cabelo. A vantagem são cabelos muito mais volumosos e a desvantagem é que o couro cabeludo não respira tanto e esquenta, causando desconforto.

Open cap: “Touca aberta” como o nome já revela, costura o cabelo em faixas, o que permite que fique um pequeno espaço entre uma mecha e outra, permitindo que o couro cabeludo respire. Nesta classificação entram também os apliques de franja, rabo de cavalo e mechas que cobrem apenas uma parte dos fios.

Lace front: Possui uma malha de renda fina na linha da frente do cabelo, permitindo um melhor manuseio. Esta parte frontal normalmente é colada na testa fazendo com que a transição para a pele seja mais suave e menos perceptível.

Full lace: A versão moderna e mais procurada de todas, pode ser usada até para fazer coques e rabos de cavalo. Os fios no topo são individuais, puxados através do tecido da touca e o efeito é incrível.

Fonte: site Glamurama.

Como fazer escova no cabelo sozinha: Passo a passo

Quer criar um penteado que parece que você acabou de sair do salão? É possível, se você tiver o know-how.

Cliente: Camila Sperb / Foto: Kellen Mizerski

Quando você seca seu cabelo, parece que leva uma eternidade? E quando seu cabelo está finalmente seco, parece estar faltando um pouco de movimento? Não se preocupe, aqui você encontra um passo a passo para nunca mais cometer os erros que estão te impedindo de ter o efeito escovado perfeito.

Passo 1: Você está lavando seu cabelo do jeito certo?
O primeiro passo para fazer escova no cabelo sozinha é realizar um excelente lavado.
“A primeira coisa que ensinamos aos aprendizes no salão é como lavar o cabelo corretamente”, diz Roque Martins – Hairstylist do espaço Id Kely Bavaresco. “É super importante!” É fundamental que o cabelo esteja realmente molhado e que você use não apenas o produto correto para o momento que seu cabelo está vivendo (a estação do ano também determina que produto você deveria estar aplicando nos seus fios, viu?) mas também, certificar-se de que você está usando produto suficiente para obter uma boa espuma em toda a cabeça. Ao lavar, nunca esfregue o cabelo com as palmas das mãos ou as unhas (como se estivesse coçando a cabeça) esfregue sempre com a ponta dos dedos pelo couro cabeludo e vá massageando o xampu com uma boa pressão. Você pode usar um ritmo um pouco mais rápido do que se estivesse massageando, e lembre-se de cobrir todo o couro cabeludo. Lavar o cabelo é uma questão de limpar o couro cabeludo! Ao realmente remover toda a sujeira e o acúmulo de produtos, você permite que o couro cabeludo volte a respirar.

Por isso, pode ser que você queira repetir esse processo duas ou três vezes dependendo das características ou necessidade do seu cabelo. Enxague uma segunda vez e aplique agora o seu condicionador. Tente não aplicar na raiz, porque o nosso organismo já produz óleo suficiente para hidratar a raiz dos nossos cabelos – principalmente após o uso do shampoo. Adicionando mais o condicionador, ao invés de hidratar, obtemos um efeito oleoso. Condicione do meio até o final do comprimento e depois enxágue.

Passo 2: Tenha em mãos um ótimo secador de cabelos e aprenda a pré-secar da
maneira certa!

Aqui um erro bem comum que muitas mulheres cometem: Depois de sair do banho, deixar os cabelos na toalha por uns 30 minutos – o que é péssimo para a saúde dos seus cabelos! Quando molhado, o cabelo está em seu estado mais vulnerável, e uma toalha de algodão pode causar atrito e danificar os fios até o ponto em que o cabelo se rompe. Então, permitir que ele seque ao ar, é sempre a opção mais saudável, ainda mais se você for loira (veremos mais sobre isso abaixo). Investir em um secador de boa qualidade é importante, especialmente se você tem muito cabelo ou se costuma secá-lo com frequência. Outro detalhe importante aqui é saber secar o seu cabelo de acordo com a sua textura. – Cabelos mais finos podem secar um pouco mais ao ar, cerca de 80% com o uso de secador, enquanto os cabelos mais grosso, muito crespos ou ondulados devem estar apenas 50% secos antes de começar a fazer escova no cabelo sozinha. Se você secar demais, ele vai ficar com aquele efeito de frizz indesejado. Se você é loira, a dica aqui é deixar o seu cabelo secar naturalmente até uns 70% para depois puxar com escova e secador, isso devido às pontes de sulfeto que se rompem ao molhar.

Passo 3: Não se esqueça de borrifar um bom defrizzante ou protetor térmico no meio do comprimento até as pontas.

Usar o produto certo ‘pré-blowout’ vai impedir seus fios de quebrarem e fazer a escova durar mais tempo.

Passo 4: Divida seu cabelo em mechas não muito grossas.
Muitas mulheres cometem o erro de começar pela parte de trás do cabelo e quando chegam no topo e na linha do meio do cabelo, ele já está seco, tornando bem mais difícil conseguir alisá-lo. O melhor é começar nas têmporas, na linha do cabelo e na coroa e depois voltar para a nuca. Dessa forma, você aborda as partes mais visíveis primeiro. Então, divida o topo da cabeça, depois as laterais sempre passando por de trás das orelhas e, por último, a parte de traz que dá pra dividir em duas partes.

Cliente: Mari Belmonte / Foto: Kellen Mizerski

Passo 5: Comece a secar da raiz para as pontas.
Quando começar a escova, trabalhe mecha por mecha para que a raiz não fique marcada. Inicie pela raiz, alisando bem. Depois passe para a metade do comprimento para dar brilho ao cabelo e, por último, tente modelar as pontas. Seguindo os três passos, você terá uma escova linda e com movimento. A forma como você direciona o secador influencia (e muito) no resultado final. O bico do secador precisa ser posicionado na diagonal e o jato de ar tem de seguir de cima para baixo (ou da raiz para as pontas). Assim, as escamas dos fios se fecham evitando aquele efeito arrepiado. Outra dica aqui é dar uma atenção extra à sua raiz quando estiver escovando sozinha seu cabelo.

Existe isso da “melhor escova para fazer escova”?

Realmente não faz sentido gastar uma fortuna em produtos e secador de cabelo, se você não tiver uma boa escova. Na verdade existem sim algumas escovas melhores que outras mas isso depende muito do comprimento, textura e objetivo de acabamento. Por isso, o ideal é pedir uma dica ao seu cabeleireiro de confiança do melhor tipo de escova para o seu cabelo – e melhor: para o efeito de escova que você deseja obter seja super liso, escova modelada, escova virada para fora, escova com efeito ondulado ou outro efeito.

Cliente: Helen Stalker / Foto: Kellen Mizerski

Passo 6: O toque final, a finalização.

O último passo (mas não menos importante), quando você for fazer escova no cabelo
sozinha, é a finalização.

Não basta apenas fazer escova, trabalhar mecha por mecha, moldar os cachos, prender o cabelo com grampos e achar que está tudo resolvido. Não mesmo! É necessário atentar para o último passo que envolve os tão falados (mas pouco utilizados) os finalizadores em sua versão mousse, spray fixador, gel ou pomada. De novo, aqui você pode pedir uma dica para o seu especialista em cabelos favorito para que ele te direcione ao melhor finalizador para o seu tipo de cabelo, ocasião e nível de movimento que você prefere. Evite aqueles que contêm silicone na fórmula, principalmente se você tiver tendência à oleosidade.

Uma dica é terminar a escova com um jato de ar frio para diminuir um pouco do frizz após a secagem com jato de ar quente. Mulheres com fios cacheados, que querem um efeito super liso por um dia, melhor confiarem no toque final dado pela chapinha para garantir o penteado por mais tempo – mas tente usar com moderação senão, o que é para ser um aliado, se torna um inimigo bem rapidinho no quesito saúde dos fios.

E, se você quiser ir além da escova, e criar você mesma um penteado que parece que
você acabou de sair do salão, faça o Curso de Penteados ministrado por Roque Martins
Hairstylist no espaço Id Kely Bavaresco.

Cliente: Mari Belmonte / Foto: Kellen Mizerski

No Curso de Auto Penteado ministrado no Id Kely Bavaresco pelo Stylist Roque Martins
você vai dominar a arte de modelar seu cabelo do jeito certo.

No curso, você vai aprender:

– Criar você mesma penteados rápidos para algumas ocasiões
– Um overview das principais tendências, produtos e ferramentas de finalização
– Melhorar suas habilidades com trança, babyliss ou accessorising
– Aprender a obter um acabamento perfeito de longa duração

Link para consultas e agendamentos: bit.ly/AgendeSeuHorarioid

Por Roque Martins, Hairstylist no espaço Id Kely Bavaresco.