Quer escolher o sutiã ideal? A gente dá algumas dicas!

Uma sutiã, além de bonito, claro, precisa ser confortável! Muitas mulheres não dão a devida importância para essa peça que nos acompanha às vezes durante o dia inteiro, e ainda por cima tem o poder de levantar ou derrubar qualquer look. Uma coisa é certa: quando estamos seguras e confortáveis, naturalmente conseguimos realizar as tarefas do dia a dia com mais facilidade! Pensando nisso, separamos aqui algumas dicas para não errar mais na hora de comprar essa peça tão indispensável no nosso guarda roupa:

Pinterest

1. TUDO GIRA EM TORNO DO CAIMENTO
Na hora da compra, reserve um tempo para deixar que um profissional te oriente sobre o melhor modelo. O ideal seria reavaliar os tamanhos e formatos a cada seis meses, mas se é inviável para você, tente ao menos seguir as dicas abaixo.

– Certifique-se de que o sutiã está posicionado bem no meio das costas.
– Se você perceber que as alças estão sempre escorregando dos ombros, sinal de que você precisa de um modelo com menor circunferência.
– Se você só usa sutiã com bojo, mas as taças estão deixando as mamas de fora ou a armação está irritando a sua pele ou ainda o centro da peça está distante do seu corpo, você precisa de um modelo com taça maior.
– Se as taças parecem amassadas ou a armação é demasiadamente grande, o modelo precisa ser menor.
– Por fim, veja se a linha de frente do sutiã está na mesma direção da de trás.

2. SIM, VOCÊ PRECISA DE UM TOP ESPORTIVO
Procure por um modelo de top que garanta sustentação, com alças mais largas e que restrinjam qualquer movimentação das mamas durante movimentos mais intensos. Normalmente, eles costumam pressionar os seios contra o tórax, o que não soa nada agradável. Por isso, experimentar é a regra número um na hora de escolher o melhor. Movimente-se bastante dentro do provador para tirar todas as dúvidas.

3. MEIA-TAÇA, COM BOJO OU MODELADOR?
Os sutiãs meia-taça são muito anos 1990. Atualmente, a escolha deve ser direcionada aos modeladores, que dão uma levantada na silhueta de um jeito muito mais sutil. Os modeladores vão aumentar o volume no meio, enquanto o meia-taça proporciona um aumento só no topo. E se o modelo levar bojo, melhor ainda!

4. OPTE POR BOJOS SECRETOS
Se você tem pouco busto, o ideal é escolher sutiãs triangulares, que escondem bojos discretos. Você conseguirá um volume proporcional e evitará que os mamilos apareçam sob tecidos finos.

5. O MODELO QUE VAI “ESCONDER” AS GORDURINHAS DAS COSTAS
Não importa o seu tamanho, todas estão sujeitas àquelas indesejáveis gordurinhas nas costas. Esse incômodo pode ser agravado por um sutiã muito justo. A melhor maneira de verificar se o modelo é adequado é vestindo, levantando os braços e torcendo o corpo. A peça não pode se movimentar, deve permanecer no mesmo lugar o tempo todo.

Para não correr nenhum risco, procure pelos modelos mais amplos e com alças e faixas mais largas.

6. BÁSICO NÃO É SINÔNIMO DE SEM GRAÇA
Para tirar o máximo proveito da sua lingerie, você deve pensar nisso. Você não vai, por exemplo, usar os seus tops esportivos para ir ao trabalho. Então, antes de ir às compras, dê uma geral na gaveta e encontre algumas ausências, seja estética ou funcional.

O “must have” funcional é o modelo sem alças, que precisa ficar bem firme e no tamanho exato das mamas. Outro indispensável é o de decote “V”, que se adapta perfeitamente a tops mais ousados. Além de propor um formato perfeito, não fica aparente.

7. CUIDADOS PÓS-USO
Parece chato, mas a lavagem das lingeries exigem cuidados especiais. Coloque as peças dentro de um saco de roupa ou dentro de uma fronha. Antes de levá-lo à máquina, lembre ainda de fechar todos os sutiãs, para que os ganchos não enrosquem em nada. Agora, se ainda assim você sentir que as roupas íntimas precisam de um cuidado extra, a lavagem à mão é o melhor caminho. Só assim você vai proteger o seu underwear e aumentar o seu tempo de vida.

Fonte: Marie Claire