Confira dicas para escolher a escova certa – isso pode ser mais importante do que você imagina!

Cabelo é uma assunto que sempre rende muito! Grande parte das mulheres dedicam bastante tempo cuidando todos os dias dos fios, e para isso investem em bons shampoos, máscaras, tratamentos e hidratações. Tudo isso é ótimo para a saúde das madeixas, mas muitas vezes esquecemos de um detalhe super importante: o que você usa para pentear o cabelo? Pode acreditar, a escolha da escova faz uma grande diferença nos seus cuidados diários com os fios, já que a mais indicada para você pode variar conforme o seu objetivo. Quer encontrar a escova ideal? Confira nossas dicas!

agência epohke, cabelo, escova de cabelo

Foto: Pinterest

Em primeiro lugar é preciso pensar no tipo de cerda. Veja as principais:

Náilon: ideal para cabelos lisos ou levemente ondulados. É importante não encostar o secador na cerda, pois ela pode derreter ou queimar o couro cabeludo.
Náilon com bolinhas nas pontas: enquanto penteia, ela também faz uma leve massagem no couro cabeludo.
Mistas (javali e náilon): as cerdas de javali alisam os fios enquanto as de náilon desembaraçam.
Naturais: ajudam a desembaraçar os fios e penteiam melhor.

Depois, considere o formato da escova.

Ventillada: O modelo oval com base de cerâmica tem cerdas naturais de javali e é indicado para secar e modelar as pontas. A escova é ativada pelo calor do secador, e, por ser ventilada e ter cerdas espaçadas, dá volume ao cabelo.

Raquete: Esta escova oval tem cerdas de plástico com bolinhas na ponta que protegem o couro cabeludo. É indicada para pentear e desembaraçar todos os tipos de cabelo e é boa opção para pessoas com maior sensibilidade.

agência epohke, cabelo, escova de cabelo

Ventilada e raquete (Divulgação)

Cerâmica: Arredondada e com base de cerâmica, ela é ativada pelo calor do secador. As cerdas mistas unem a durabilidade do nylon e a maciez do javali. É indicada para cabelos ondulados a lisos, para modelar, pentear e desembaraçar.

Almofadada: Este modelo almofadado com cerdas de plástico é indicado para cabelos longos e lisos, ou levemente ondulados. Se usado com secador, tem efeito de escova modelada, mas não tão lisa.

agência epohke, cabelo, escova de cabelo

Cerâmica e almofadada (Divulgação)

Fininha: Este modelo de escova tem diâmetro menor, o que é indicado para modelar, cachear e finalizar cabelos curtos. O revestimento em cerâmica aquece a escova e trata os fios quando usado com secador, diminuindo o frizz.

Retangular: É o tipo de escova que todo mundo já teve um dia. Serve para desembaraçar todos os tipos de fios, pois tem um bom espaçamento as cerdas. Esse espaço ajuda evitar a quebra do cabelo.

agência epohke, cabelo, escova de cabelo

Fininha e retangular (Divullgação)

Comprou sua escova? Então não esqueça da forma certa de pentear o cabelo!

Não adianta escolher o modelo ideal de escova se, na hora de pentear, não fizer da forma certa. A primeira coisa a fazer é dividir o cabelo ao meio, em duas partes. Desembarace as pontas com a escova oval almofadada e, então, penteie de cima para baixo, para estimular o couro cabeludo e dar brilho do fio. Em seguida, separe o cabelo em mechas finas. Manuseie a escova redonda de cima para baixo, alisando ou modelando o fio com o calor do secador.
Por último, use a escova raquete para finalizar as pontas, deixando o fio mais maleável.

Ah, e a higienização correta também é muito importante! O ideal é limpar a escova uma vez por semana. Para isso, tire o excesso de fios passando um pente fino. Em seguida, deixe a escova de molho numa solução de água e sabão por dez minutos. Enxágue e seque bem antes de usar. Além da lavagem, é possível encontrar em lojas especializadas higienizadores em spray com ação antibactericida.

Taí uma ajudinha extra para ter cabelos lindos e saudáveis!

Fontes: Extra e M de Mulher